quarta-feira, 31 de agosto de 2011

TODOS SOMOS ACTORES NA PEÇA DE TEATRO QUE É A VIDA.

Toda a pessoa tem a capacidade de representar a sua própria peça de teatro que é a sua vida,a mesma é representada nos mais diversos estilos(drama,romance e comédia),e temos a capacidade de nos adaptar a cada estilo e a cada cena perante os actores ou actrizes que ao longo da peça(vida) vão entrando na mesma.As pessoas que conhecemos,o que fazemos durante o periodo de duração da peça,faz com que nós nos adaptemos às situações dependendo da pessoa com quem se está a "representar".

O actor ou a actriz não nos agrada,mas temos de ser simpáticos(estamos a representar),porque estamos a fazer um esforço para ser agradável e simpático sem que a mesma pessoa não note esse promenor.Por isso pode-se dizer que desde que iniciamos a nossa vida até ao seu fim,andamos a representar(bem ou mal),dependendo das situações e das pessoas com quem "representamos".

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A PRESSÃO DOS MEDIA PARA TENTAR GANHAR DINHEIRO.

"Ligue para o número,xxxxxxxxxxx que vê no ecrã e ganhe 10.000 euros,quantas mais vezes ligar mais hipóteses tem de ganhar.O preço por chamada é y mais IVA incluído."

Esta é a frase mais ouvida nos programas de TV,quer sejam emitidos de manhã ou à tarde,onde existem sempre pelo menos um concurso ou passatempo,em que as pessoas são sistematicamente "convidadas" a ligar para um numero de telefone,para se habilitarem a ganhar o tão apetecido prémio.O mal está na forma como é feito o convite à participação,é que de tanto "pressionarem" as pessoas elas acabam por ligar vezes sem conta e quando se apercebem já têm gasto bastante dinheiro,porque ouvem o mesmo todos os dias a todas as horas a mesma frase vezes sem conta,acabam por ficar viciadas e com a ideia errada que podem ganhar aquela quantia de dinheiro,que acabam por perder mais nas chamadas do que ganhar!!!!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

QUAL A FINALIDADE DAS GUERRAS?!!

Quem Ganha com as Guerras?
Uns poucos, sedentos de poder e dinheiro.
Quando você, o povo, ganhou com alguma guerra?
O que ganhamos com as guerras, senão a morte de tantos rapazes inocentes, com menos de 25 anos. Podemos dizer que são meninos, ainda? Que brutalidade.
Fico a pensar se as guerras não são feitas por pequenos grupos para defender interesses pessoais, do tipo, petróleo, fábricas de armamentos, interesses religiosos...desde que o mundo é mundo que assistimos tantas barbáries em nome de tanta coisa sem sentido. Tantas vidas perdidas....
Se há uma justificação para iniciar uma guerra que seja justa, diga-me, pois ainda não encontrei nenhuma.
Cruzadas, anti-semitismo, fanatismo religioso, cobiça, vaidade...só consigo ver esses motivos para que seja feita uma  guerra e você acredita que há motivos para se fazer uma guerra?Creio que não existe motivo algum,razões ou argumentos que levam as pessoas a fazerem isso,ou será simplesmente o motivo de querer ser superior ao próximo,ter poder conseguir alcançar objetivos que de outra forma não conseguiam obter!!!!

domingo, 28 de agosto de 2011

ENGANADOS DE TODAS AS FORMAS E ATÉ QUE PONTO?!!

Todos os dias,a todo o momento as pessoas são bombardeadas com informação de todo o tipo,será que a as noticias que vemos e lemos nas diferentes plataformas como(os jornais,revistas,tv,internet e rádio),será que a informação dada corresponde à realidade dos factos que ocorrem,ou devemos duvidar de tudo ou quase tudo o que nos é dado a ver e ouvir??!!Será que a informação é manipulada,para conseguirem melhores audiências e interesses que podem haver!!!E o que aprendemos quando andamos na escola por exemplo,será que a matéria de cada disciplina corresponde à verdade ou andamos a aprender coisas erradas,que infelizmente não correspondem à verdade!?

sábado, 27 de agosto de 2011

POUPAR NA CARTEIRA E O AMBIENTE!!!

Com a subida do preço da eletricidade,o aumento dos produtos de primeira necessidade e não só,as pessoas vão ter de começar a praticar certas tarefas,como se faziam há algumas décadas.Uma delas vai ser o retomar de um hábito que se perdeu com a vinda em massa das máquinas de lavar(roupa e loiça),por exemplo.A roupa vai voltar a ser lavada nos tanques e em vez de detregente,vai utilizar-se o sabão que é mais económico(logo aqui poupa-se em água,detregente e eletricidade),na soma de todas estas poupanças,no final do ano ou mês acabam por se economizar uns euros razoáveis.O mesmo se aplica às lavagens de loiça,que pode muito bem ser trocada a máquina pela lavagem manual,com um esfregão e sãbao,são unseuros mais que se poupam,e,para finalizar,a máquina de secar roupa,é muito bem bubstituivel pela secagem através dos raios solares(que segundo dizem,tem um efeito benéfico sobre a roupa purificando-a e desinfentando ao mesmo tempo).Por isso,juntando todas estas formas de economizar,acabamos por poupar uns valentes euros,que nesta fase fazem toda a diferença. 

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

SERIA POSSIVEL EM PORTUGAL?!!!!

Dezesseis das maiores fortunas francesas pediram ao Governo que imponha a eles um imposto especial para contribuir para saída da crise vivida no país.Entre os benfeitores figuram o presidente da L''Oréal e sua máxima acionista, e os donos da companhia petrolífera Total, o grupo hoteleiro Accor, a rede de alimentação Danone, o banco Société Générale, o operador de comunicações Orange, a companhia aérea Air France-KLM e a empresa do setor automobilístico PSA Peugeot-Citröen.
"Nós, presidentes e dirigentes de empresas, empresários, financeiros, profissionais e cidadãos ricos, desejamos a instauração de uma ''contribuição excepcional'' que afetaria os contribuintes franceses mais favorecidos", detalham em seu pedido, que será publicada na próxima quinta-feira na revista "Le Nouvel Observateur".
Os empresários pedem que o imposto tenha "proporções razoáveis" para "evitar efeitos econômicos indesejáveis como a fuga de capitais e o crescimento da evasão fiscal".
"Somos conscientes de que fomos beneficiados plenamente por um modelo francês e por um contexto europeu aos quais nos sentimos muito unidos e que queremos contribuir para preservar", afirmaram os empresários, entre os quais estão o presidente da Veolia Environnement, o do grupo de serviços financeiros Fimalac e o ex-dono da Renault.
Os bilionários garantem que esse imposto "não é a solução em si" e pedem que faça parte "de um esforço mais global de reforma, tanto das despesas quanto da receita".
"Em um momento em que as finanças públicas e as perspectivas de piora da dívida do Estado ameaçam o futuro da França e da Europa, em um momento em que o Governo pede a todos um esforço de solidariedade, nos parece necessário contribuir ao mesmo", afirmam.
O chamado se soma às declarações de alguns milionários que expressaram nos últimos dias seu desejo de contribuir de maneira excepcional ao erário, seguindo o caminho marcado nos Estados Unidos por Warren Buffett.
O anúncio foi divulgado um dia antes de o Governo francês apresentar nesta quarta-feira as medidas para reduzir o déficit público, a fim de implementar o compromisso de deixá-lo em 5,7% neste ano, 4,6% no próximo e 3% em 2013.
Segundo a imprensa francesa, o Executivo anunciará um imposto especial entre 1% e 2% aos contribuintes cujas receitas fiscais superem 1 milhão de euros.
O entorno do Governo estima que 30 mil pessoas afetadas pela medida, que reportará 300 milhões de euros suplementares aos cofres públicos.
No total, o Executivo espera aumentar a receita para 10 bilhões de euros, para o que, segundo a imprensa, abolirá alguns gastos fiscais e reduzirá as despesas ministeriais.

FONTE:PRESSTUGA.COM

A atitude dos empresarios Franceses é de louvar,porque como têm melhores condições económicas podem ajudar o pais a resolver a crise,a questão impõe-se fazer nesta altura:será que os empresários Portugueses eram capazes de tomar idêntica atitude para ajudar o nosso pais a sair o mais rapidamente da crise,ou deixavam que quem resolve-se este problema fossem sempre os mesmos,os trabalhadores de baixos salarios e com enormes encargos que tem para resolver com o seu pequeno salario?!!!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

APRENDER PARA BEM RECEBER!

Estamos a praticamente um mês do fim do verão,época do ano em que somos invadidos por turistas de diferentes nacionalidades.Um pais como o nosso que tem no sector do turismo uma grande oferta e uma boa fonte de receitas,ainda não está preparado para lidar com pessoas que não falam a nossa lingua.Como Portugal, não é só Lisboa,Porto e Faro(os locais onde mais turistas vão),o resto do pais tem excelentes destinos turisticos,quer naturais,ou gastronómicos,alguns nos locais mais escondidos do pais,e é nesses mesmos locais onde estão as pessoas que tem os seus establicimentos,prontos para receber os turistas,mas quando eles se dirigem a essas pessoas acabam por não entender o que eles querem.Isto será comodismo uma forma de dizer:ah,eu não preciso de aprender essas linguas complicadas,porque dificilmente aparece cá alguém!!!Ou antes de irem ocupar aquele lugar não pensaram:bem,vamos trabalhar num ramo em que temos de lidar com pessoas dos mais diversos lugare,paises e extractos sociaias,não nos fazia mal aprendermos o essencial para sabermos lidar com as diversas situações que nos possam aparecer!!!!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Arrependimento.

Os jovens que têm no presente entre 13 e 16 anos, tem uma cultura desportiva acima da média,são capazes de saber os resultados de todos os jogos de futebol,o nome dos jogadores das equipas,quem  joga com quem e a que horas,estou a falar das ligas portuguesas(1ªe2ª ligas).O que é mais interessante é que não se ficam por Portugal,acabam por ter os mesmos conhecimentos quando  falamos de outros paises,como (Espanha,Italia,Inglaterra e práticamente onde houver um jogador ou treinador Português),isto é bom ou é mau?Na minha opinião é mau porque, dedicam mais tempo e interesse a esse assunto,que acabam por deixar o que devia ser o prioritário para segundo plano,que são as aulas e todas as matérias que são abordadas nas disciplinas.Depois vem o desinteresse sobre aquilo que devia ser prioritário para o seu futuro profissional,acabando por se interessar por futebol e tudo o gira à volta dele,e perdendo o interesse pelas aulas,acabando por desistir precocemente da vida estudantil e indo acabar a trabalhar em trabalhos duros,mas mais tarde arrependem-se e voltam aos bancos da escola para tentar acabar o que ficou a meio,para conseguir um trabalho melhor(em remuneração e  sem tanto esforço fisico).

Tudo acaba em completar o ensino em mais uns cursos de baixo conteudo ou mesmo nulo,onde nada de novo aprendem mas que servem únicamente para as estatisticas,que a nivel prático a pessoa não fica habilitada a desempenhar uma nova função porque não teve formação para ela.

São as novas oportunidades sem futuro...



terça-feira, 23 de agosto de 2011

REGRESSO AO PASSADO.

Imagine que da moite para o dia recuava no tempo cerca de duzentos anos,como conseguia adaptar-se a um modo de vida totalmente diferente?!Viver numa época em que não havia luz,carros,telefones e telemóveis,televisão e entre outras coisas computadores e internet,será que se conseguia adaptar à mudança drástica do estilo de vida,habituado a ter todos esses serviços e de um momento para o outro "ficar"sem eles?

As vantagens eram óbvias,não havia stress,depressão nem ansiedade,e todos(ou quase)todos acabavam por ter as mesmas coisas sem haver diferenciações no estatuto social ou económico.

domingo, 21 de agosto de 2011

UMA QUESTÃO DE QUALIDADE..

Tenho notado desde há uns tempos a esta parte, que o preço dos discos(cds e dvds),tem baixado para números de custo para o consumidor bastante simpáticos,ficando muito mais em conta comprar um produto original de que tentar obter o mesmo através dos chamados(downloads ilegais),que desta as pessoas conseguiam ter o que queriam a custo "zero".A dúvida que se põe é se esta descida nos preços é derivada à crise e à falta de poder de compra das pessoas ou se é simplesmente uma forma de combater a pirataria,e desta forma os autores acabem por ganhar algum com as vendas dos discos e dvd mesmo sendo com um preço bastante reduzido?!!!

A verdade é só uma, para quem defendia a compra dos produtos originais o preço era demasiado elevado,por isso as pessoas recorrem com bastante frequência à pirataria(a vantagem é ser de borla mas a qualidade não se compara ao original),a nivel de qualidade qualquer produto original tem muita mais do que o que é posto à disposição na internet para ser "sacado à borla"

Por fim,.conseguiu-se chegar a um ponto em que,os cds e dvds estão a preços acessíveis a todos e assim sendo desta forma conseguem dar um passo importante na tentativa de reduzir ou eliminar a pirataria,em forma de fecho uma pergunta:Que interesse tem ver um filme num computador com um ecrã pequeno e qualidade de som fraca,para não falar da legendagem que deixa muito a desejar,porque dificilmente é em Português,quando se pode fazer o mesmo vendo o filme com qualidade de som e imagem excelentes em qualquer sala de cinema e legendado corretamente,o que

sábado, 20 de agosto de 2011

TOURADAS,CONTRA OU A FAVOR?

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE AS TOURADAS,SERÁ QUE É UM ESPECTÁCULO QUE SÓ PROVOCA SOFRIMENTO AOS ANIMAIS EM BENEFICIO DE UM DEVERTIMENTO,QUE PARA ALGUNS É UM ESPECTÁCULO AGRADÁVEL,PARA OUTROS É UM SOFRIMENTO DESNECESSÁRIO AO ANIMAL(TOURO)? JÁ NÃO BASTA O(SOFRIMENTO PROVOCADO PELA MORTE)?EM DEFESA DA CONTINUIDADE DO PRÓPRIO ESPETÁCULO,OS DEFENSORES DAS TOURADAS"DEFENDEM-SE" COM O ARGUMENTO,QUE A MESMA É UMA TRADIÇÃO ENRAIZADA NO POVO PORTUGUÊS DESDE HÁ CENTENAS DE ANOS E DEVE CONTINUAR,DEVIDO A FAZER PARTE DA CULTURA DE UM POVO.COM ESSES ARGUMENTOS TODOS, JUSTIFICA-SE A CONTINUAÇÃO DA REALIZAÇÃO DESTE TIPO DE EVENTOS,QUE PROVOCA  UM SOFRIMENTO  DOS TOUROS ATROZ?

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A convivencia e adaptação com algo que nos limita/2ªparte



O que me fez sentir mais realizado, foi conseguir realizar todos os objectivos a que me propunha.

Por exemplo:ndecidi concluir a escolaridade obrigatória e foi realizado.
De notar que não houve alguém que notasse que tinha qualquer problema porque,o meu aproveitamento era igual ou superior em relação a alguns colegas, também havia matérias que dominava melhor do que outras (como qualquer pessoa dita normal).

Quis tirar a carta de condução para ser independente e não necessitar de incomodar as outras pessoas para ir a algum lado.
resultado final: conseguido com sucesso,tudo correu bem até ter uma crise ao conduzir e ter mandado o carro para compor,a partir desse momento decidi não continuar a conduzir e se o tivesse feito nesta altura não estaria aqui para contar esta historia.

Como vivo num meio pequeno todas as pessoas souberam o que aconteceu mas a verdade as verdadeiras razões para o sucedido foram sempre ocultadas porque as pessoas tem uma tendência negativa em tirar conclusões erradas e no meu caso diriam: coitado doente como ele é nem devia conduzir e muito menos ter carta é que se pode matar e criar problemas a quem vá com ele e que vá contra ele!
Mas felizmente foi sozinho que tudo aconteceu os danos foram o carro e um poste de electricidade.

Nestes objectivos a que me propus concretizar fui bem sucedido,em parte não posso utilizar o que consegui alcançar(na questão da condução) mas no resto, haja oportunidades compatíveis com o meu problema, tenho as habilitações necessárias para exercer as funções que me aparecerem.

Agora vou tocar num ponto no qual já fui vitima e constantemente continuo a ser,o preconceito ou o medo que as pessoas têm em dar trabalho a alguém com este problema.Vamos começar do inicio, desde que fiquei desempregado à procura por conseguir um trabalho e uma fonte de rendimentos para fazer face às minhas despesas,( medicação e outros gastos) foram constantes os resultados nunca foram positivos(nunca mencionei que tinha epilepsia em qualquer entrevista),unicamente restavam os trabalhos sazonais como vindimas e outros trabalhos de época específicos,cheguei a ter recusas de poder ir trabalhar para as vindimas,umas vezes diziam-me as razões por que recusavam e de outras alegavam que já tinham pessoas que chegassem para executar o trabalho(todas elas sabiam o problema que eu tinha),por isso era fácil de perceber de que não passavam de simples desculpas para não quererem que fosse trabalhar com medo que me acontecesse algo e depois era complicado(porque não tinham seguro para proteger quem trabalhava).
O receio era maior para quem nos contratava quando tínhamos de subir a escadas para ir vindimar,andava sempre o responsável a dizer: não, tu não fazes isso porque podes cair,ou não mexes naquilo porque te podes magoar! E para espanto, principalmente meu, havia anos em que não era contactado para ir trabalhar como costumava ser hábito, as pessoas ficavam contratadas de um ano para o outro,e o estranho como disse, foi um ano em que tal não aconteceu, fiquei surpreendido mas quem contratava é que tinha os seus critérios de selecção,passado algum tempo encontrei a pessoa para a qual era costume ir trabalhar nesse período e veio a tema de conversa as vindimas e as prestações das pessoas que foram trabalhar nesse ano,e alguém lhe perguntou porque é que eu não tinha ido.
A resposta foi simples e diz tudo: ah x pessoa disse-me que tu tinhas um problema e podias-te magoar e eu acreditei.-eu respondi: bem primeiro vinhas falar comigo e perguntavas se o problema que eu tinha influenciava em algum aspecto a minha prestação no trabalho e se punha em risco a minha integridade física e se podia criar algum problema para ele como agente empregador, porque só eu sei as capacidades e limitações que isto me provoca!
Assim acabou por fazer um mea culpa por ter acreditado em alguém que não conhecia os verdadeiros perigos e limitações que isto provoca.

ANO 2011,EXISTE AINDA UMA GRAVE DOENÇA PARA CURAR PARA A QUAL AINDA NÃO EXISTE VACINA NEM OUTRO MEDICAMENTO,O SEU NOME É PRECONCEITO, POR QUANTO MAIS TEMPO EXISTIRÁ!?!?!?


A epilepsia fez com que eu deixasse de fazer as coisas que gosto,adoro fazer desporto principalmente andar de bicicleta e caminhada, faço parte de uma associação de ciclo-turismo que organiza passeios todos os fins de semana pela região numa média de 80a100km,depois existem os passeio de grande duração entre dois a três dias que podem chegar a 300km no total e os destinos são tão abrangentes como idas a Fátima a São Tiago de Compostela entre outros,tudo isto realizado de Março a fins de Setembro.Pratico este desporto com regularidade há cerca de 8 anos,nos quais em qualquer dos passeios senti algum problema que me impedisse de continuar a fazê-los como acidentes provocados pelas crises que tenho.

Também faço parte de uma associação cultural desportiva e recreativa,na qual faço parte da organização de eventos como provas de atletismo, jogos de futsal e na parte de divulgação nas redes sociais das actividades para o conhecimento das pessoas interessadas.

Uma das coisas que gosto é de cinema e sempre que havia algum filme que gostasse tinha de me deslocar de moto alguns quilómetros de noite ou de dia, ou quando queria ir ver algum grupo de musica preferido ia sozinho de noite sem receio algum de ter uma crise e ter um acidente e ficar inconsciente sem ter alguém para me ajudar.
Nesta altura não o faço com tanta frequência,não por ter medo que me aconteça alguma coisa mas sim porque à medida que o tempo passa (idade), os interesses vão mudando, e as coisas estão mais acessíveis de forma a que não é necessário nos deslocarmos para longe quando (temos quase tudo) sem nos deslocarmos.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

A convivencia e adaptação com algo que nos limita/1ªparte

Olá, chamo-me António,tenho 36 anos e tenho epilepsia como consequência de Esclerose Tuberosa.




O diagnóstico foi feito e confirmado quando tinha 12 meses, os sintomas que despertaram a minha família para que algo comigo estava mal, foram dificuldades em sentar-me e outras falhas no comportamento que não era o certo para a idade.
A minha doença não afectou em alguma coisa o meu desenvolvimento físico ou intelectual, fui sempre um aluno com um aproveitamento razoável e a nível de sociabilidade não afectou o comportamento com outras pessoas.
Os sintomas ou chamadas crises, nos primeiros anos da minha infância e parte da juventude não aconteciam, e se fosse o caso manifestavam-se de forma muito leve,em parte derivado à medicação que tomava que seria a mais eficaz para o meu caso, (ainda hoje pergunto por esse medicamento ao meu medico mas a resposta é que traz efeitos secundários noutros órgãos tomado durante muitos anos).

A partir dos meus 20 anos, as crises comeram a aparecer mas algo que se suporta com simples tonturas e de longe a longe apareciam as mais fortes,que são bloqueios (do género de alguém falar para mim eu conseguir ouvir tudo e não conseguir responder) ou outro sintoma que é tipo curto-circuito, quando acontece não tenho o controlo sobre o que estou a fazer indo sempre em frente, se estiver a conduzir ir para a outra faixa ou sair da estrada e cair numa ravina ou coisa do género.

À medida que a idade vai avançando aumenta a frequência e intensidade das crises, o que faz com que seja difícil de acertar com a medicação. Esta doença cria ramificações noutros órgãos aos que, é necessário fazer consultas e exames de rotina para saber se não degeneraram em algo pior ou se continuaram no mesmo estado.

Eu estudei até ao 12ºano em três fases,a primeira foi até ao 8ºano,depois sem querer fui obrigado a desistir de estudar porque me baldei um pouco, (mas mesmo assim consegui concluir o ano com sucesso), pouco tempo depois,comecei a trabalhar.

Fui trabalhar na primeira oportunidade de trabalho que apareceu, e foram 11 anos num campo de tiro aos pratos,bom ambiente entre colegas e atiradores de todas as classes sociais que frequentavam esse local.
Prestes a ser despedido decidi recomeçar a estudar para fazer o 9ºano no ensino recorrente da época, ao mesmo tempo trabalhava das 10h às 18e30h estudava das 19e45h às 23e30h e chegado a casa ainda tirava uma hora para fazer testes de código para tirar a carta.

Segunda parte,depois de conseguir a carta e estar perto de ter o 9ºano (só não foi feito por causa da matemática), mas como era necessário recorri a uma forma mais fácil e prática para o conseguir... fui para o sistema de ensino para a estatística R.V.C.C. no qual consegui fazer a escolaridade pretendida mas sem conteúdo algum,algo que por um lado fez com que ficasse desiludido com o sistema e questionar a forma de ensino.

A terceira parte foi a conclusão do 12ºano, este sim teve conteúdo com matérias que usamos diariamente na teoria e na pratica,esse foi um curso EFA/SECUNDÁRIO.

As crises que tenho limitam-me um pouco a nível laboral porque não posso conduzir, e todos ou a maioria das ofertas de trabalho pedem viatura e carta de condução, sendo que as crises são diárias e não dizem quando vão acontecer seria um risco aceitar um trabalho que tivesse essas exigências e poderia por em perigo a minha vida e (ou)a de outra pessoa.
Devido a ter tido já um acidente por ter tido uma crise a conduzir, o que me fez ponderar os riscos que poderiam ocorrer.

Nesta altura estou desempregado,continuo à procura de algo compatível com a minha situação,desde que fui despedido ou melhor desde que a empresa fechou ainda não consegui um trabalho de longa duração, unicamente trabalhos sazonais e de pequenas durações.
Ainda tenho esperança que as coisas mudem e que a situação melhore económica e socialmente,por isso continuo a enviar currículos, a fazer candidaturas espontâneas e a ir a entrevistas sempre com pensamento positivo.

... fazer um resumo da minha vida é em parte falar das condicionantes que a esclerose tuberora me obrigou a ter, e pensar que uma grande parte da minha vida até ao momento tem sido passada em consultas e exames de rotina em várias especialidades,porque esta doença afecta outros órgãos e têm de ser vigiados com alguma frequência para saber se as coisas se mantém estáveis ou estão a evoluir negativamente (o que não é o caso felizmente até ao momento), e assim espero que continue a ser durante muito tempo.

No meu caso ando a ser seguido em quatro especialidades,já tive um contra que foi, a perda de parte da visão mas segundo os especialistas é quase certo que neste caso fique por aqui, porque a parte da visão que perdi foi do lado do cérebro no qual tinha maior incidência dos ditos "tumores",que desencadeavam as crises,mas de resto tudo bem.

No espaço entre as idas às consultas, levo uma vida normal, tirando todas as limitações às quais estou sujeito, ainda tenho possibilidade de encontrar um trabalho que possa executar e não são tão poucos como pode parecer para quem não conhece a realidade da doença, temos de obedecer aos requisitos pedidos, e muitas vezes passam ao lado as oportunidades por infelizmente a sociedade sofrer de uma doença pior de que a nossa que dá pelo nome de"preconceito ou ignorância", que no fundo são da mesma família, conseguimos ser úteis em algum lado se não for na construção civil pode ser como recepcionista ou administrativo(A).
Basta as pessoas estarem interessadas em colocar pessoas como eu, e muitos outros, a exercer trabalhos que se ajustem à sua condição física ou de outro aspecto.

A nível social acontece muito este caso,somos convidados para festas de anos casamentos ou ao fim de semana ir beber um copo com os amigos, além de não podermos beber álcool, tomar café, beber cola ou fumar, não impede de nos divertirmos e possamos conviver com as pessoas, mesmo que algumas vezes alguns amigos digam: vá lá um copo não faz mal de vez em quando!
Diverti-mo-nos de igual forma bebendo álcool ou sumo e água. A ideia final é, enquanto depender de nós não devemos desistir de lutar e tentar fazer com que as pessoas compreendam que o que isto é, e tenham mais conhecimentos sobre o assunto para não ficarem com pensamentos errados sobre nós e as nossa capacidades em fazer qualquer tarefa seja a nível laboral, como intelectual, conseguimos executar igual ou melhor a uma pessoa sem esse problema aquilo que nos é pedido.

Não vamos desistir somos e seremos úteis em qualquer lugar desde que nos dêem oportunidade de mostrar isso.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

ILUMINAR AS MENTES!

Cada pessoa tem uma historia de vida,que a própria se achar interessante e útil pode partilhar com as outras ,o principal objectivo desse acto é dar a conhecer e informar as pessoas,sobre diferentes experiencias pelas quais elas passam e às vezes tirar dúvidas sobre o problema que as afecta,esses casos podem ser de saúde,orientações religiosas ou sexuais,que por muita informação que as pessoas tenham,acabam sempre por ter uma opinião errada sobre as pessoas que são portadoras desses problemas ou orientações.Mas o mal é que as outras pessoas acabam por ficar com ideias erradas e descriminar as ditas pessoas,que acabam por ser uma minoria e são incompreendidas em vários aspectos,como no acesso ao emprego e entre outros socialmente,isto tem um nome(preconceito),palavra que já devia ser abulida do dicionário e o acto em si também.Não é por termos x problema ou orientação y,que somos diferentes e não consigamos desempenhar as tarefas e sermos socialmente aceitados como o resto das pessoas.Por isso,e com o intuito de informar e esclarecer certas ideias,eu vou partilhar convosco a minha historia,esperando que desta forma se acabem as ideias erradas sobre o tema que vos vou dar a conhecer,sobre mim e muitas outras pessoas que padecem do mesmo,mostrando que não existe diferença entre ninguém,a única diferença é a forma de pensar(errada)da maioria das pessoas.

Espero que os próximos dois "posts"elucidar as pessoas sobre este tema,não procuro protagonismo, para isso ia aos programas de tv,esses gostam de historias destas para  ganhar audiências,se calhar ainda ganhava algo em troca se fosse,mas o bjectivo é partilhar, informando para esclarecer,não ganho nas audiências mas espero que consiga reduzir o número de pessoas que tem preconceito,pelo menos neste caso.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Mudanças para melhor ou pior?!!

Falta sensivelmente um mês,para o inicio de mais um ano lectivo,mas como já vem sendo habitual no periodo que antecede o inicio do mesmo,é divulgado o número de escolas que já não vão abrir no ano lectivo que está prestes  a iniciar.As razões para o fecho das escolas são várias,entre as quais,o decrescimo de alunos que vem havendo de ano para ano,não justifica a continuação das escolas com as portas aberta,levando a que os professores não sejam colocados e que os alunos se concentrem todos num chamado "centro escolar"onde vão parar todos os alunos das escolas que vão fechando de ano para ano em todo o concelho(seja ele qual for,do litoral ou interior).
Mas existem os prós e contras,então vamos ver as  partes positivas e negativas dessas medidas.
Vantagens: os alunos conseguem socibilizar-se com mais facilidade convivendo com outras crianças de diferentes idades e locais.A nível de adaptação,fica muito mais fácil e simples,para quando tiverem de mudar de nível de ensino,por exemplo quando mudam do 4ºano para o preparatório e depois para o secundário.Nesse ponto a adaptação é progressiva e não sofrem um choque com a mudança drástica de escola, localidade e colegas,porque desde o inicio estiveram rodeados dos colegas com quem sempre conviveram e criaram laços de amizade.
A parte negativa:´por exemplo,no inverno, podem haver surtos de gripe, onde podem afectar um numero bastante considerável de alunos,devido ao contacto e à fácil propagação num local bastante povoado.O mesmo acontece com outros problemas de saúde,como infecções(tipo varicela e os famosos piolhos),que aparecem,não por falta de higiene mas por serem ocorrências sazonais e ocasionais,o que faz com que muitas crianças "sofram" desses males,devido ao contágio que é fácil de ocorrer.

Tudo isto,principalmente as coisas negativas,ocorreriam nas escolas das aldeias que eram frequentadas por poucos alunos,mas nesse ponto as pessoas afectadas eram bem menor.Mas tudo muda e em principio para melhor,por isso só existe uma solução que passa pelas pessoas se habituarem às mudanças e perceber que tudo o que acontece é natural e tem de se viver com isso.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

PRIORIDADES EM TEMPO DE CRISE!!!

Com o inicio do campeonato de futebol,mais precisamente da 1ªliga,as atenções e temas de conversa vão deixar de ser a crise,o aumento dos combustíveis,gás e eletricidade entre outros,para passarem a ser os casos do jogo x,as boas ou más exibições dos jogadores e as opções acertadas ou não dos treinadores,e desta forma vai-se conseguir esquecer o mau momento económico e social que estamos a passar.Mas observando bem o que se passou no primeiro jogo do campeonato,que pôs frente a frente as equipas do Gil Vicente e do Benfica,ninguém diria que estamos em crise,porque o estádio ficou repleto de pessoas que foram assistir e pagaram entre 45 a 70 euros,para ver 90 minutos de futebol.Por um lado são preços exagerados para ver uma partida de futebol,mas por outro,mostra que afinal não existe crise alguma,porque ainda existem pessoas que preferem gastar dinheiro em ver ao vivo jogos de futebol,(que são bastante caros)em vez de redireccionar esse dinheiro para outras coisas mais prioritárias.O mais interessante é que acabam por ser essas pessoas as primeiras a queixar-se com os aumentos dos serviços e produtos de primeira necessidade(mas não pensaram nisso quando foram gastar montes de dinheiro para ver um evento que lhes abriu um buraco de algumas dimensões no orçamento de casa!!!

Se não for bem controlado ele(dinheiro) não chega para tudo,devemos dar preferência às prioridades básicas e depois então que venha o resto(se chegar)!!!

sábado, 13 de agosto de 2011

GOSTOS DISCUTIVEIS.

As revistas que se focam sobre a vida das figuras públicas(os ditos famosos),são as que mais vendem no mercado das publicações escritas.Embora aja revistas dedicadas a todo o género de temas e gostos,aquelas que são apelidadas de cor-de-rosa atraem a atenção de mais leitores(as),porque será?
Existem algumas possíveis razões,uma delas passa pelo interesse que as pessoas tem em saber o que as outras pessoas fazem(isso também se nota no dia-a-dia com as pessoas anónimas),outra razão é a leitura bastante acessível a todo o tipo de pessoas,que no fundo não é preciso fazer um esforço muito grande para entender os assuntos de que tratam.Para finalizar,duas coisas importantes,primeiro quem lê essas revistas não aprende mais do que aquilo que sabe(o que era bom se aprendesse),e depois o preço das mesmas, que se fizessem a conta ao que gastam por semana ao comprar revistas sem conteúdo e juntassem todo esse dinheiro,acabavam por comprar uma publicação (mensal)com interesse,com o que gastaram durante as semanas todas do mês!!!

Nem todos podemos gostar do mesmo,mas era bom que as pessoas "cultivassem",minimamente para que o mundo real não lhes passe ao lado e para que consigam estar à-vontade quando se falar de algum assunto da vida real!!!!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

RELAÇÕES DE VERÃO!

Verão,férias,calor,são em conjunto dão no seu conjunto uma mistura explosiva,que fazem com que comecem muitas relações amorosas,algumas são momentâneas,outras que começam e continuam durante algum tempo,podendo acabar em casamentos ou simplesmente as pessoas ficarem juntas e partilharem os sentimentos de forma não obrigatoria,podendo acabar a relação com facilidade e sem problemas com a burocracia que existe em fazer um divorcio,dando assim por finalizado o casamento.Ainda há as situacões de casais que vivem à já bastante tempo juntos e casados,que durante as férias de verão conhecem outras pessoas,e acabam por ficar a gostar uma da outra,propocionando o fim de uma relação de muito tempo e comecam uma nova com uma pessoa que acabaram de conhecer.

O SOL,O CALOR,AS FÉRIAS DE VERÃO,PROPRICIAM QUE RELAÇÕES ACABEM,OUTRAS  COMECEM E QUE EXISTAM OS AS RELAÇÕES DE OCASIÃO,QUE DURAM SÓ O TEMPO DAS FÉRIAS,MAS O VERÃO É ISSO MESMO,UMA ÉPOCA DO ANO EM QUE TUDO PODE ACONTECER A NIVEL SENTIMENTAL E AMOROSO!!!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Seriamos capazes?!!

O  que se passa na Europa a nível social e económico,que faz com que as pessoas tenham atitudes extremas,como a violência que acontece na Inglaterra,quais os motivos que levam a que as pessoas a ter esses comportamentos reprováveis?A Inglaterra é um dos países do mundo com a situação económica e social mais estável,onde de um momento para o outro gerou-se um género de protesto da população para mostrar o seu descontentamento com as medidas tomadas pelo seu governo,que depressa se passou a um clima de pura violência onde todas as pessoas participam tentando destruir lojas, onde depois vão buscar os aparelhos electrónicos,roupa e alimentos entre outros produtos são retirados "gratuitamente",por puro prazer de destruir ou simples necessidade dos mesmos.

Será que no nosso pais estes acontecimentos podem ou acontecer?!Como um povo bastante pacifico e que aceita todas as medidas que os podem prejudicar sem qualquer contestação,mas unicamente com uma frase muito típica do povo tuga que é:"se tem de ser o que podemos fazer,não podemos fazer nada,são eles que mandam".

Com o temperamento que temos,de pessoas muito calmas,o que nos conseguia "tirar do sério",e levar-nos a ser mais activos, e não passivos como somos e tomar atitudes como estão a acontecer na Inglaterra,para mostrar o descontentamento por algo que esteja bastante mal? 

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Visita à terra Natal.

Agosto é por excelencia o mês escolhido pelos emigrantes  para passarem alguns dias na sua terra Natal,para matar saudades dos familiares que cá ficaram e de estar também com os amigos.O que existe de diferente no pais neste mês que nos leva a dizer os emigrantes estão cá?A resposta é muito simples e tem várias formas de as identificar como por exemplo,o maior número de trânsito nas estradas,ir a qualquer lado e ouvir falar Francês,mania ou tendência que os emigrantes têm,porque estando em Portugal podem falar a sua lingua mãe ou será para as pessoas não saberem qual o tema de conversa que estão a falar e para terminar,talvez a mania mais irritante que eles fazem(principalmente as gerações mais novas),e que os não deixa passar despercebidos é chegarem num bom carro e andarem com a música bastante alta e para complementar,mostrar as capacidades do seu belo carro andando bastante rápido e exibindo a sua pericia(ou não) na sua condução.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Ideias erradas sobre alguns bichos e insectos/comportamento animal.

Aterrador,incómodo e pouco agradável,são estas as sensações que a maior parte das pessoas transmite quando está perto ou encontra um bicho destes,de seu nome aranhão,consegue no fundo ser mais do que um bicho desprezivel,porque ajuda na captura de outros bichos ou insectos que podem trazer complicações para o ser humano.Assim como a base da sua alimentação são esses bichinhos que acabam de ser mais incómodos do que o próprio,no fundo acaba por não haver razão alguma para o temer,antes pelo contrário,devido ao bem que ele nos faz.

Gansos e patos em plena harmonia,refrescando-se num dia bastante quente de verão!

domingo, 7 de agosto de 2011

Mudança de imagem,que se ajusta à situação social.

Esta é a nova imagem da EDP,(imagem em baixo à esquerda)uma mudança que se justifica por vários motivos,primeiro porque as empresas e qualquer instituição deve renovar a sua apresentação ao público para dar uma imagem de renovação de actualidade,para não se cansarem de ver sempre a imagem de à 10,15 ou mais anos,que fica muitas vezes desatualizada.




Em segundo lugar,justifica-se acabar com esta imagem de sorriso que este(o logotipo anterior),dava a entender,(sorriso sinal de alegria),coisa que  as pessoas tem pouca vontade de fazer,quando olham para as faturas entre elas a da eletricidade que chegam a ser bastante elevadas e as pessoas a muito custo lá conseguem pagar se não é-lhes cortado o fornecimento da mesma,que é essencial para o funcionamento de todos os equipamentos que temos em casa principalmente aqueles que servem para o armazenamento e conservação de produtos consumiveis,que precisam de ser congelados e  sem energia isso não é possivel!!

sábado, 6 de agosto de 2011

O primeiro beijo.

Hoje é dia do primeiro beijo,
espero que estejas a desejar,
um beijo dado por mim,
e para sempre o viesses a recordar

Tua voz me desgraçou,
quando no silêncio tu entraste,
que mal é que te fiz eu,
ou por outra voz tu me trocaste.

Minhas falas leva-as o vento,
o que eu escrevo fica gravado,
assim dizia S.José a JESUS,
e o que escrevo no meu livro fica gravado.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A CRISE CHEGA A TODOS!!

Irlanda,Grecia,Portugal foram os primeiros paises a sentirem a crise económico-social de maior dimensão, pelo menos em Portugal desde há pelo menos 20 a 25 anos.Quando Portugal entrou na comunidades europeia,a primeira coisa que teve direito foi a subsidios para tudo e para todos,os mais estupidos foram aqueles que foram dados para deixar de produzir,como por exemplo,cereais leite e outras coisas fundamentais para a não dependencia em demasia da compra a paises terceiros de produtos os quais podiamos continuar a produzir se não fossem os súbsidios para "não fazer nada".Passado este tempo todo os responsáveis da união europeia chegaram à conclusao,que afinal estavam errados(tanto tempo para concluir uma coisa tão básica),agora para se redimirem e para incentivarem a produção,vão começar a pagar para voltar a produzir em vez de pagar para não fazer nada.
Entretanto a crise chegou aos paises da união europeia,Portugal foi a terceira vitima de um jogo de mercados económicos e de agências de rating,que fizeram com que nós acabassemos por ceder e ter de pedir ajuda financeira ao f.m.i.,mas para vir essa ajuda de vários milhares de milhões de euros,que consis em que as pessoas acabem por ter de fazer ainda mais sacrificios para conseguir viver com pensões e ordenados tão pequenos,que é quase um feito hiroico fazer a gestão dos mesmos euros,quando se tem de pagar agua,luz,renda de casa,alimentação para o mês entre outras coisas.Como é possivel viver num pais onde sempre que existe algum problema os governos recorrem sempre às mesmas pessoas e acabam por ser sempre as pessoas de baixos rendimentos e sem hipotese de ir para lado algum,mas creio que as pessoas com mais capacidades economicas deviam aliviar o sofrimento dos mais frágeis monetariamente,e pagarem uma fatia muito maior que não sentiam grande diferença.

Os paises da zona euro esão a sentirem uma crise económica,que dizem poder por em causa a continuidade da moeda única,uns mais(IRLANDA,GRECIA E PORTUGAL).e outros menos(ESPANHA,ITÁLIA),estes últimos que estão a tentar resolver a situação sem pedir ajuda económica,mas com as medidas fortes de austeridade aos seus povos.Mas desenganem-se que é só a europa que está a sentir a crise,um pais que é chamado a grande potencia do mundo(ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA),pais este que está presente em toda a parte(é quase como Deus),que é omnipresente,também está a atravessar uma certa instabilidade,será que este também é o fruto de gastos excessivos com os paises que não tem motivo algum para lá permanecer,e outros erros internos de gestão económica!!!

A conclusão que se pode tirar de tudo isto é a seguinte: todos mais cedo ou mais tarde sentem os erros de uma má gestão interna e externa,certo é que os mais pequenos são os primeiros a sentir,mas não significa que as denominadas grandes potencias estejam imunes a essa situação,a vantagem é que demoram mais tempo a sentir os problemas,porque tem mais resistencia e na questão da recuperação demorão menos ou melhor conseguem ser mais rápidos a recuperar do que um pequeno pais e uma pequena economia!!!!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

COMO AGRADAR AS PESSOAS/FICÇÃO/REALIDADE,O QUE É MELHOR?!!

Tempo de férias,época em que a tv faz uma pausa nos seus habituais programas e passam repetições de séries,filmes e novelas,direcionadas para os diferentes tipos de público alvoque se pretende atingir.Mas quando as férias terminarem as diferenças não serão muitas,entre elas deixam de haver as repetições dos programas que levam as pessoas a se cansar de ver vezes sem conta sempre o mesmo e sem conteudo algum.O que se mantem igual todo o ano é a aposta dos canais generalistas de livre acesso,na emissão continua de um número bastante elevado de telenovelas.A falta de diversidade é notada nos canais de tv,sic e tvi,que a meu ver exageram no número de horas diárias(de segunda a sexta feira),que emitem as mesmas,começam por volta das 18h ou 18e30h,e acabam bem perto da 01h do dia seguinte,com um ligeiro intervalo de uma hora para a informação cerca das vinte horas.Ora quem não gostar do género de programa que é a telenovela,pode sempre optar pelos canais da rtp,os quais são obrigados a emitir programas mais diversificados e que agradem a diferentes tipos de públicos,assim a opção passa ver os canais da rtp, os quais parece que emitem para uma pequena minoria,minoria essa que tem interesses diferentes e que gosta de se cultivar vendo documentários,reportagens sobre os mais diversos temas e no fundo programas de cultura geral onde aprendem algo.Certo é que tudo o que faz pensar é muito aborrecido é de dificil digestão e não é aplativo,agora tudo o que for na linha de telenovelas e programas com conteudos desse género,as pessoas gostam,porque,não faz pensar acaba por levar as pessos para uma realidade que não existe,ou melhor só existe dentro da novela ou do programa em causa,tentando ser o escape durante algumas horas da dura realidade do dia-a-dia,mas esse efeito passa quando tudo acaba e se volta a ter contato com a verdadeira  realidade,acabando por chegar à conclusão de que tudo o que se passou foi uma ilusão e a verdadeira realidade está cá fora esperando que elas consigam ultrapassar os diferentes obstáculos que a realidade nos oferece,e,nos põe à prova para ver se somos capazes de os ultrapassar,como se fosse um jogo de video,em que temos de passar de nivel até chegar ao esperado final,onde somos recompensados de diferentes formas!!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

BALANÇO DA LIGA DE FUTSAL 2011.

O futsal produzido na freguesia de Codessoso está de parabéns,primeiro porque o grupode desportivo de Codessoso conseguiu assegurar este Domingo o lugar na final,que irá disputar com a equipa do Carvalho.Curiosamente a final da taça da liga será disputada entre as mesmas equipas,assim a equipa de Codessoso tem a dupla oportunidade de garantir dois titulos esta época(vencedores da liga e da taça).Não vamos esquecer também a participação do atlético clube de Codessoso,que disputou a 2ªdivisão da liga,tendo conseguido um feito histórico,nunca antes conseguido,que foi a chegada da equipa à fase dos quartos de final,assim sendo a participação das equipas desta terra foi bastante prestigiante para a freguesia que representam.Para finalizar com chave de ouro,o ideal seria que o grupo desportivo de Codessoso conseguisse ganhar as finais em que está em prova isso seria o culminar de um ano perfeito a nivel desportivo para esta terra.Vamos ver o que vai suceder!!!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

PRIORIDADES.

Em pleno século vinte e um,ainda existem pessoas que não tem acesso a ter luz no seu lar por duas razões,ou por viverem em locais isolados e a empresa que faz a distribuição da eletricidade ainda não ter contemplado essas povoações com um bem que nos dias de hoje é imprescindivel para fazer as coisas mais básicas,como o armazenamento de alimentos em arcas e frigoríficos para consumo a médio e longo prazo.A segunda razão prende-se por uma questão de opção,o que acaba por ser um pouco estranho mas compreensível ao mesmo tempo,porque nestes casos são pessoas de idade bastante avançada que viveram a maior parte da vida à luz das velas,pois a eletricidade demorou a chegar a suas casas e quando isso aconteceu,pensaram que já não valia a pena habituar-se ao novo meio de iluminação devido à idade que já tinham e pensando que pouco ou nada ia alterar na sua vida,por já lhes restar pouco tempo de vida.

Mas o incompreensível é como demora tanto tempo a disponibilizar a eletricidade a toda a população,sendo que nos dias de hoje os métodos de conservação de alimentos entre outras coisas necessitam de eletricidade para funcionar,então a questão é esta:será que a lentidão na distribuição da eletricidade tem a ver com interesses económicos da própria empresa que deve ter como prioridade os locais mais povoados e mais perto das grandes cidades e por fim os locais onde vivem poucas dezenas de pessoas e se situam nas montanhas onde o acesso se torna mais difícil,complicando e retardando a chegada deste bem essencial?!!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Apostar nacional.

No jogo que o Benfica realizou a contar para as competições internacionais,mais propriamente para a disputa dos play-off da liga dos campeões,que se realizou no inicio da semana(terça-feira), de inicio o Benfica só alinhou com um jogador Português,acabando o jogo únicamente com jogadores estrangeiros.Fala-se tanto do consumo de produtos nacionais,porque é que se vai recorrer ao mercado estrangeiro em  busca de jogadores?!!!Por serem mais baratos ou serem referenciados como jogadores de grande talento,o pioir é que se gastam rios de dinheiro em jogadores com todas essas referencias e quando são postos à prova mostram afinal que não valeram o dinheiro gasto,sendo aquisições que não produzem o que era de esperar e depois acabam por deixar a equipa em situação menos agradável,um exemplo bastante falado é do guarda-redes da época passada do Benfica que custou cerca de 8 milhões de euros,e,acabou por desiludir com as suas exibições,fazendo com que no inicio da época o bénfica perdesse pontos importantes(bastantes),devido às suas prestações bastante más,que resultou em pontos perdidos e que a equipa teve dificuldade em os recuperar.Nesta época o guarda-redes(Roberto),ficou na lista  de dispensas,e assim foi o investimento de 8 milhões de euros,perdidos.Podemos ser um pais pequeno, mas no que diz respeito a jogadores de futebol temos bastantes,bons e baratos, com bastante talento é necessário apostar no que é nacional e darmos valor ao que produzimos de bom,sem necessitarmos de ir ao estrangeiro comprar jogadores sem qualidade alguma,não é por acaso que o mercado Português exporta uama razoável quantidade de atletas,que assim desta forma ajudam ao crescimento da economia ficando cá o dinheiro dessas vendas.
Temos de dar valor ao que é nacional e acreditar no talento que há no  nosso pais,muitas vez esquecido,ou será que não existe interesse em apostar na descoberta de valores "made in Portugal"?!!!! 

Publicação em destaque

A tosse de fumador pode esconder problemas de saúde graves

http://ptjornal.com/a-tosse-de-fumante-pode-esconder-problemas-de-saude-graves-62045