sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Após sexo com cabra, homem é banido de qualquer local britânico com cabras

Festa no avião de Merkel: Bêbedo despe-se e, apenas em cuecas, canta e dança

Um homem ficou em cuecas no avião de Angela Merkel, mas a vergonha ficou toda para a equipa de segurança da primeira-ministra alemã. É que o ‘espetáculo’ não estava previsto: alcoolizado, o homem infiltrou-se no avião, despiu-se e foi cantar e dançar em cuecas.
Um homem fez uma festa, em julho, para Angela Merkel que não estava nos planos da primeira-ministra da Alemanha. De acordo com o Der Spiegel, Volkan T, um culturista de origem turca com 24 anos, conseguiu enganar a equipa de segurança e, apesar de alcoolizado, entrou no avião em que Merkel se desloca para as viagens oficiais.
Bêbedo, o jovem passou por vários controlos de segurança, no aeroporto de Colónia, alegando que era convidado de um casamento, saltou uma vedação (com arape farpado), atravessou a pista de aterragem e trepou para uma das asas do aparelho. Aí, arrombou uma das portas de emergência para entrar no avião, onde se despiu até ficar em cuecas e começou a cantar e a dançar.
Apesar do espetáculo, os responsáveis pela aeronave só tomaram conhecimento da infiltração quando Volkan tentou levantar o avião, entrando o cokpit e carregando aleatoriamente em vários botões, fazendo soar um alarme. Refira-se que o Airbus 319CJ tinha os depósitos de combustíveis cheios.
O homem, alcoolizado, fez a festa durante cerca de quatro horas, tempo que levou até ser retirado pela polícia, tanto mais que se barricara na cabine dos pilotos. No entretanto, terá ainda despejado um extintor na cabine dos passageiros. Ao todo, os danos no avião foram avaliados em 100 mil euros.
A festa, para além de deixar as autoridades e a equipa de segurança de Angela Merkel “envergonhadas”, não foi apenas ‘alimentada’ a álcool: as autoridades descobriram, entre as posses do jovem culturista, um saco com marijuana e ecstasy. 
ptjornal.com

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Ranking: Os supermercados mais baratos do país

Ranking: Os supermercados mais baratos do país
Comprar marcas brancas ou mais económicas pode representar uma poupança média de 20 por cento
Viajar escassos quilómetros para comprar num supermercado diferente pode resultar numa poupança anual de 500 euros. A conclusão é da revista Proteste (da Deco), que divulgou recentemente um 'ranking' de preços de quase 600 super e mini mercados do país.
 
A Proteste analisou 50.617 preços, em quase 600 lojas, para encher dois cabazes: um com produtos para quem privilegia produtos das marcas mais vendidas e outro a pensar em quem combina marcas de fabricante com marcas brancas ou económicas.
 
Para encher o primeiro cabaz, as lojas com os preços mais baixos são, segundo a Proteste, as do Jumbo. Nesta categoria, o mais económico a nível nacional é o Jumbo da Amadora, seguido do Jumbo da Maia. O de Setúbal conquista a terceira posição. 
 
Marcas brancas: Jumbo e Intermarché mais em conta 
 
O Pão de Açúcar, de Vila Nova de Gaia, e o Intermarché Contact, de Vila Pouca de Aguiar, só rivalizam no cabaz das marcas económicas.
 
Numa panorâmica global, os preços mais elevados encontram-se a Sul: três lojas do distrito de Lisboa (Bilene, em Benfica, Polisuper, de Porto Salvo, e Suportel, na Portela) são as mais caras, acompanhadas pelo Supermercado Veríssimo, em Beja.
 
Marcas brancas permitem poupar até 22%
 
No confronto por cadeias, o Jumbo consolida a 1.ª posição ao exibir os melhores negócios nos dois cabazes. O Pão de Açúcar surge logo no 2.º posto. Já as famílias Continente e Continente Modelo partilham a 3.ª posição.
 
Ttrocar alguns produtos por equivalentes das marcas brancas ou mais económicas pode representar uma poupança média de 20 por cento. Segundo a Proteste, nas lojas Ponto Fresco, atinge o recorde de 24% e, no Lidl e Pão de Açúcar, ronda os 22 por cento.
 
Mudar de supermercado pode poupar 500 euros por ano
 
Na guerra dos preços, escolher a morada certa rende um reforço de centenas de euros no orçamento familiar. Por exemplo, em Setúbal, para uma despesa mensal de 150 euros na Pluricoop (Av. António Sérgio), significa gastar mais 495 euros por ano do que se se comprar no Jumbo (Av. Coração de Maria).
 
Para o mesmo cenário, mas no Porto, fazer um quilómetro traduz-se numa poupança de 172 euros ao ano. Basta visitar o Pingo Doce, na R. Passos Manuel, em vez do Froiz. 
 
Se aumentar a distância da viagem, mas sem sair do distrito, também pode poupar ainda mais. Em Lisboa, preferir o Jumbo da Amadora ao Bilene, na R. Prof. Reinaldo Santos, vale quase 845 euros de economia anual.

Além deste 'ranking' divulgado em Junho, a Deco disponibiliza gratuitamente, na internet, um simulador para encontrar o supermercado mais barato em cada zona do país.

Clique AQUI para aceder ao simulador (basta inserir endereço de email).

boasnoticias.pt

O que faz uma vaca na autoestrada A11? Passeia quase uma hora “sem incidentes”

Uma vaca andou hoje fugida, durante quase uma hora, na A11. Foi o próprio dono a recolher o animal tresmalhado na autoestrada, com a colaboração da GNR, que teve de interromper o trânsito. A vaca foi capturada sem “quaisquer acidentes ou incidentes”, segundo a GNR.
Uma vaca fugiu hoje de manhã na autoestrada A11, na zona de Sequeira (Braga), tendo andado a passear durante quase uma hora. Não se sabe quanto paga a classe de bovino na portagem porque o dono conseguiu recuperar o animal tresmalhado, com o apoio da GNR.
A operação de recolha da vaca, de “pequeno porte”, foi realizada sem “quaisquer acidentes ou incidentes”, como realçou a GNR, forçada a interromper o trânsito na autoestrada em direção a Esposende: “foram tomadas algumas precauções para não provocar quaisquer incidentes ou acidentes rodoviários e chegou a haver um momentâneo corte na entrada da autoestrada, mas, de resto, tudo não passou de uma ocorrência insólita, sem consequências”.
A fuga foi comunicada por um utente da A11 à concessionária, a Ascendi, pelas 11h04. “Chegámos ao local às 11h22 e iniciámos os procedimentos de sinalização e acompanhamento da situação”, salienta uma nota emitida pela empresa: “às 11h41 chegou a Brigada de Trânsito que deu indicação para fechar, momentaneamente, o ramo de entrada para retirar o animal. Às 11h47 a situação estava totalmente resolvida”.
Durante o insólito passeio, a vaca percorreu mais de cinco quilómetros.

ptjornal.com

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Paramédico salva doente enquanto tem ataque cardíaco

Paramédico salva doente enquanto tem ataque cardíaco
Joseph Hardman na companhia de Michael Brown, o médico que o acompanhou no hospital. © DMC Harper University Hospital
Um paramédico norte-americano deu um verdadeiro exemplo do que é colocar os outros em primeiro lugar. Enquanto tratava um paciente que estava a ter um ataque cardíaco, Joseph Hardman começou a sentir, também ele, os sintomas de um enfarte. Porém, só depois de "entregar" o doente aos profissionais do hospital mais próximo é que Hardman se preocupou consigo próprio.
 
O episódio aconteceu em Detroit, nos EUA, quando Joseph Hardman e o colega se encontravam a preparar o doente de forma a transportá-lo na ambulância. "Não precisei de uma máquina para me dizer que também estava a ter um ataque cardíaco. Eu tinha todos os sintomas que o identificam", contou Hartman à cadeia televisiva CBS Local.
 
Apesar de ter perfeita consciência do que se estava a passar, o paramédico de 40 anos não abandonou a missão, limitando-se a avisar o parceiro de que, à chegada ao DMC Harper University Hospital, para onde se dirigiam, seriam dois pacientes a dar entrada em vez de apenas um.
 
Segundo a CBS Local, Hardman não deixou o paciente até ter a certeza de que este estava a ser bem tratado e só depois aceitou ser analisado pelos médicos. "É por isto que fazemos o que fazemos: porque é tudo aquilo para que vivemos", confessou o paramédico que, tal como o paciente que ajudou a salvar, está a recuperar bem do incidente.
 
"É assim que as emergências funcionam: vemos alguém passar de um estado de quase morte a um estado em que é capaz de sair pelo próprio pé do hospital na companhia da família alguns dias depois", congratulou-se.

boasnoticias.pt

Adeptos do River aplaudem saída de Funes Mori para o Benfica, apelidando-o de “cancro”

funes_moriUma rápida passagem pelos sites de apoio ao River Plate permite perceber que a saída de Rogelio Funes Mori era o desejo mais ardente dos adeptos do emblema de Buenos Aires.
Por exemplo, na secção de comentários da notícia que dá conta da transferência do avançado de 22 anos para o Benfica, no site não-oficial do River Plate, a extensão de considerações negativas sobre o dianteiro é quase interminável.
Numa altura em que os “millionarios” estão na cauda da tabela do principal escalão do futebol argentino e podem voltar a ter que lutar pela permanência, os sucessivos falhanços de Funes Mori levam um dos apoiantes a afirmar que “a quantidade de golos que Funes Mori desperdiçou neste nosso mau momento também ajudará a que baixemos à Segunda Divisão”.
Há, até, quem vá mais longe no grau de palavras utilizadas: “Este morto é um dos últimos cancros que tínhamos”.
Por outro lado, contudo, surgem vozes – poucas, mas efectivamente algumas – que tentam fazer a defesa possível de um ponta-de-lança que, na época passada, apontou sete golos em 32 jogos.
“É de muito baixo nível criticar um rapaz que fez tudo o que conseguiu e que nunca disse nada perante as críticas dos adeptos”, remata um dos comentários.
Funes Mori foi apresentado na noite de segunda-feira como reforço do Benfica para as próximas cinco temporadas.

arcodavelha.eu

Heroes del silencio - entre dos tierras(video,rock ,anos 90)

X Games - X Games 16 - Travis Pastrana wins Moto X Speed and Style.mpeg(video)

Freestyle Motocross Best Tricks 2010(video)

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Filme português triplamente premiado em Locarno

Idoso insere garfo no pénis (por prazer) e vai parar ao hospital

Saudita com 610 quilos vai de empilhadora até ao hospital para operação por ordem do rei

Trial Indoor 2007 - Lisboa

Chris Brown - Without you ♥ .

Marte: Há mais de 100 mil candidatos para a primeira viagem só de ida

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Vocalista de banda é proibido em bar e atua do lado de fora(com video)

A banda Wayne Szalinski tinha um concerto num bar de Chicago (EUA), mas um problema fez com que o espectáculo se tornasse o mais insólito das suas carreiras musicais. Como o vocalista/guitarrista do grupo, Andy Milad, só tem 20 anos, ele ficou impedido de entrar no bar, aberto apenas para maiores de 21 anos.
Em vez de cancelar o concerto, a banda Wayne Szalinski adotou uma medida inusitada. Andrew Adams, Kurtis Roy e Nick Galli tocaram no palco, enquanto Andy tocava do lado de fora do bar, para não violar a lei.
A banda americana postou um vídeo no YouTube a documentar a inusitada apresentação:

arcodavelha.eu

Projeto do prédio residencial mais alto da Europa ‘esquece’ elevadores

Os arquitetos responsáveis pelo projeto do prédio residencial mais alto da União Europeia esqueceram-se de um detalhe “simples”: elevadores.
Inicialmente, o projeto do “InTempo”, localizado em Benidorm (Espanha), previa 20 andares. Mas, a meio da obra, os responsáveis decidiram “esticar o prédio”, que passou a ter altura de 200 metros e 269 apartamentos. Só que os arquitetos não refizeram o sistema de elevadores para chegar aos novos 47 andares, segundo reportagem do jornal “El País”.
De acordo com o periódico, a ampliação da construção exigia mais espaço para os elevadores e equipamentos mais potentes. Não foi feito. Os arquitetos demitiram-se. Ainda não está claro como o problema será resolvido.
Aliás, a construção deste edifício que era pra estar pronto em 2009 passou por várias peripécias, entre elas a falência da primeira empresa que o começou a construir, a não colocação de ascensores (elevadores) para os trabalhadores nos primeiros 23 andares do prédio obrigando-os a subir por escadas para trabalhar nos andares superiores, várias derrapagens financeiras e bancáriasInTempo

arcodavelha.eu

Vídeo: Primeiro-ministro da Noruega disfarça-se de taxista em ação eleitoral

domingo, 11 de agosto de 2013

Chuva de estrelas cadentes atravessa os céus de Portugal

Chuva de estrelas cadentes atravessa os céus de Portugal
A chuva de estrelas cadentes 'Perseidas' pode ser visível a olho nu durante as noites deste fim de semana e da próxima segunda-feira, o dia em que se regista uma maior atividade. O fenómeno tem origem na passagem da Terra pela órbita do cometa 'Swift-Tuttle'.

Todos os anos, por volta desta altura, é possível observar-se, no céu limpo, esta chuva de estrelas cadentes. Em locais pouco afastados da poluição das luzes urbanas, a 'Perseidas' pode ser vista, perfeitamente, à vista desarmada. 

As previsões meteorológicas para as próximas noites apontam para "ótimas condições" de visibilidade desta que é uma das chuvas de estrelas cadentes mais importantes, segundo Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronómico de Lisboa.

Em declarações à agência Lusa, o responsável revelou que a 'Perseidas' irá registar o seu pico de atividade na noite de segunda-feira, ao emitir uma média de 110 meteoros por hora. Ainda assim, nas noites de sábado e de domingo será já possível ver esta chuva de meteoros com uma média de 80 a 90 por hora. 

No céu noturno, a chuva de estrelas cadentes ou meteoros surge como uma série de rasgos luminosos. Neste caso, a 'Perseidas' deve a sua designação científica ao ponto do céu de onde parece partir, na constelação de Perseus. Ainda assim, o fenómeno é também popularmente conhecido como 'Lágrimas de São Lourenço', em homenagem ao santo festejado a 10 de Agosto. 

As chuvas de estrelas cadentes, cientificamente designadas como chuvas de meteoros, acontecem quando a Terra cruza um enxame de meteoroides, neste caso na órbita do cometa "Swift-Tuttle".

Os meteoros são fenómenos luminosos resultantes da entrada na atmosfera da Terra de um corpo sólido proveniente do Espaço. O corpo aquece, ioniza a atmosfera e deixa um rasto de luz.

Já os meteoroides são "objetos sólidos que se deslocam no Espaço interplanetário", com "dimensões consideravelmente mais pequenas do que as de um asteroide e bastante maiores do que as de um átomo ou molécula".

Rui Agostinho acrescenta que há registo de 'Perseidas' a cruzar os céus de Portugal desde os séculos VIII, IX e X. No entanto, só em 1835 é que o astrónomo belga Adolphe Quételet (1796-1874) veio a descobrir que se tratava de uma chuva regular.

Na lista de chuvas de estrelas cadentes mais importantes figuram também a 'Quadrântidas', a 'Leónidas' e a 'Gemínidas', com picos de atividade a 4 de Janeiro, 18 de Novembro e 14 de Dezembro, respetivamente.

boasnoticias.pt

Piloto abastece avião de combate a incêndios na... praia! WOW

Motociclista tem encontro imediato com um carneiro muito nervoso(com video)

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Porta dos Fundos: Banco(humor/video)

Australiana queria comprar dois iPhones, mas venderam-lhe duas maçãs por 1500 dólares

macasUma australiana foi vítima de uma burla que está a divertir as redessociais. A mulher queria comprar dois iPhones e uma outra respondeu-lhe que os vendia pelo preço de 1500 dólares. O negócio foi feito num McDonalds, mas só depois a burlada abriu as caixas onde estavam duas maçãs.
Um negócio entre duas particulares, na Austrália, transformou-se numa burla e os comentários têm-se multiplicado nas redes sociais. Em causa está uma mulher de 21 anos que queria comprar dois iPhones, o popular telemóvel da empresa Apple, e pagou 1500 dólares por duas caixas de iPhone que, no interior, continham cada qual uma maçã (‘apple’, em inglês).
O caso tornou-se viral nas redes sociais, onde os comentários têm sido pouco abonatórios para com a burlada. “Pode comprar um iPhone5 novo, da Apple, por 700 dólares numa loja. Se essa história é verdade, ela mereceu”, escreveu um internauta. “Não conheço ninguém que entregue mais de 1500 dólares a um estranho sem primeiro verificar o conteúdo”, acrescentou outro.
“E ela foi à polícia? A sério? Eu ficaria com vergonha de ir à polícia se tivesse sido tão estúpido”, comentou outro internauta.
O incidente ocorreu em Brisbane, na Austrália. A jovem, que tinha colocado um anúncio no site Gumtree a referir a intenção de comprar dois iPhones, recebeu uma chamada de uma potencial vendedora, que tinha “duas ‘maçãs’” para venda. Acreditando que era uma referência ao fabricante dos telemóveis, a compradora combinou o preço – 1500 dólares, cerca de mil euros – e um encontro para consumar o negócio.
As duas mulheres encontraram-se num restaurante da cadeia McDonald, com a ‘vendedora’ a entregar duas caixas de iPhone, novas. Confiando, a mulher pagou sem conferir o conteúdo das caixas. Só depois de as abrir reparou que tinha sido burlada: havia comprado duas maçãs por 1500 euros.
ptjornal.com

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Ir a pé para o trabalho previne diabetes e hipertensão

Ir a pé para o trabalho previne diabetes e hipertensão
Aqueles que vão a pé para o trabalho têm cerca de 40% menos probabilidade de vir a sofrer de diabetes do que os que conduzem ou apanham um táxi até ao emprego. A conclusão é de uma investigação britânica, que revelou que pedalar, caminhar ou ir trabalhar de transportes públicos previne o desenvolvimento de vários problemas de saúde.
 
Um grupo de cientistas do Imperial College London e da University College London, em Inglaterra, examinou a forma como vários indicadores de saúde estão associados ao tipo de deslocação escolhido pelos indivíduos para chegar ao trabalho recorrendo a dados de um inquérito feito a 20.000 pessoas no Reino Unido.
 
A equipa descobriu que ir de bicicleta, a pé ou de transportes públicos são escolhas que aparecem associadas a um menor risco de excesso de peso do que conduzir ou apanhar um táxi e que aqueles que vão a pé até ao trabalho têm uma probabilidade 17% menor de vir a desenvolver hipertensão arterial. Já os "ciclistas" reduzem, ao pedalar, a probabilidade de ter diabetes em cerca de metade.
 
De acordo com os resultados do estudo, publicado na revista científica American Journal of Preventive Medicine, 19% dos adultos em idade ativa que usavam transporte privado (como carros, táxis ou motas) eram obesos, contra 15% daqueles que iam trabalhar a pé e 13% dos que pedalavam até ao emprego.

Evitar usar o carro reduz problemas de saúde graves
 
Segundo os especialistas, coordenados por Anthony Laverty, da School of Public Health do Imperial College London, evitar usar o carro pode, portanto, reduzir os riscos de problemas de saúde graves como ataques cardíacos.
 
"Este estudo sublinha a importância de incorporar a atividade física na rotina diária ao caminhar, pedalar ou usar transportes públicos para chegar ao trabalho e o facto de esta atividade ser boa para a saúde individual", explica Laverty em comunicado.
 
Laverty acrescenta ainda que, durante a investigação, se observaram diferenças entre os tipos de transporte utilizados em partes distintas do Reino Unido. Os transportes públicos, por exemplo, eram principalmente utilizados em Londres (52%), ao passo que apenas 5% recorriam a eles na Irlanda do Norte.
 
"As variações entre regiões sugerem que as infraestruturas e o investimento em transportes públicos, em espaços adequados para caminhar e para andar de bicicleta podem desempenhar um papel importante no que toca a encorajar uma vida mais saudável, e que encorajar as pessoas a deixar o carro pode ser bom para elas e para o ambiente", conclui.

boasnoticias.pt

10% dos britânicos só fazem sexo bêbados

Americano é preso por manter relacionamento sexual com… gata!

no dout(ex grilfriend) video


 

Terra desliza sobre carro após chuva e ocupantes sobrevivem(com video)

Um carro em que seguiam quatro pessoas ficou completamente soterrado após um deslizamento de terras causado pelas fortes chuvas que assolaram a cidade chinesa de Yan'an. Veja o vídeo.
Uma câmara de segurança registou o momento em que o carro é apanhado por uma avalanche de lama.
Três pessoas conseguiram abandonar o carro de imediato. Momentos depois, saiu o quarto passageiro que tinha ficado soterrado no interior do carro.

jn.pt

Piloto perde o controlo do carro em Pikes Peak e cai em ravina(video de suster a respiração)

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Canoagem: portugueses são vice-campeões do mundo

Canoagem: portugueses são vice-campeões do mundo
© Federação Portuguesa de Canoagem - Joana Vasconcelos sagrou-se vice-campeã do Mundo em K1 200 de sub-23
Portugal conquistou duas medalhas de prata nos Mundiais de Canoagem que decorreram em Welland, no Canadá. Os títulos de vice-campeões mundiais foram arrecadados este domingo por Diogo Lopes, em juniores, e por Joana Vasconcelos, em sub-23, ambos na categoria K1 200.

O jovem algarvio e atual campeão da Europa percorreu os 200 metros de prova em 35,708 segundos, ficando a escassos nove milésimos de segundo do húngaro Balázs Birkás. A organização teve mesmo de recorrer à aplicação 'foto finish' para conseguir apurar o novo campeão do mundo.
 
A medalha de bronze, em juniores, foi para o polaco Pawel Kaczmarek, que conclui a prova a 306 milésimos de segundo do primeiro classficado.
 
Já na prova feminina de sub-23, a atleta do Benfica fez um tempo de 40,488 segundos, sendo apenas superada pela canadiana Michelle Russell, que terminou a prova em 39,980 segundos. Ainda assim Joana Vasconcelos atravessou a meta com três décimas de segundo de avanço da húngara Dzsenifer Tóth, vencedora do bronze.
 
Os dois portugueses subiram ao pódio no último dia da competição, que terminou este domingo, em Welland, no Canadá. A equipa regressa na próxima terça-feira de manhã a Lisboa para celebrar os novos títulos.

Saiba tudo sobre a participação portuguesa nos Mundiais de Canoagem em Welland, no Canadá, AQUI.

boasnoticias.pt

Empresa de energia notifica poste de iluminação pública por “falta de pagamento”

Sem convidados, casal da Bahia (Brasil) protagoniza casamento insólito

Xutos e pontapés(gritos mudos)video


AC/DC


sábado, 3 de agosto de 2013

A ressaca deixa-te burro(a)

Homem embebeda-se, desmaia e acorda sem o pénis(com video)

R.E.M. - Losing My Religion (Video)

Arquiteta portuguesa condecorada com insígnias francesas

Arquiteta portuguesa condecorada com insígnias francesas
© ISA
A obra da arquiteta paisagista Cristina Castel-Branco acaba de ser homenageada com as insígnias francesas de Oficial da Ordem das Artes e Letras, uma condecoração que distingue personalidades do mundo da produção artística e literária.

Cristina Castel-Branco torna-se assim na primeira arquiteta paisagista a receber esta homenagem de França. A professora do Instituto Superior de Agronomia (ISA) recebeu as insígnias numa cerimónia oficial na delegação diplomática francesa em Lisboa, no passado dia 25 de Julho.

Segundo o site oficial do instituto, a arquiteta paisagista integra agora o "vasto rol de portugueses já distinguidos" pela Ordem das Artes e Letras francesa, "dos quais se destaca Amália Rodrigues, Eduardo Lourenço e Álvaro Siza Vieira".

Esta distinção é atribuída às obras de autores de todo o mundo que se destacaram na produção artística e literária e que se relacionaram os seus trabalhos com a cultura francesa.

Cristina Castel-Branco é detentora de vários prémios que recebeu ao longo da sua carreira, tendo desempenhado diversas missões da UNESCO para a preservação do património cultural francês. Segundo o ISA, este "terá sido um dos principais fatores que levou à sua distinção".

Em Portugal, a arquiteta foi responsável por projetos como os "Jardins Garcia de Orta", no Parque das Nações, e o "Anfiteatro Colina de Camões", na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, que lhe garantiu o Prémio Nacional de Arquitetura Paisagística.

boasnoticias.pt

Animação dá a conhecer "respiração" da Terra


Animação dá a conhecer "respiração" da Terra
Uma animação criada pelo programador norte-americano John Nelson mostra a Terra a 'respirar', à medida que as estações do ano mudam. Na verdade, a animação é a junção de várias imagens da Terra nos diferentes meses do ano, mas o efeito é o de um 'coração pulsante' no interior do planeta.
 
As imagens utilizadas foram recolhidas por um satélite da NASA, no âmbito do projeto 'Blue Marble Next Generation' que fez a recolha de uma foto do planeta de mês a mês.

"Demorei uma tarde a fazer a animação", conta Nelson, citado pelo Daily Mail. "Mas demorou um bocadinho mais para que eu conseguisse descrever aquilo que senti quando vi o resultado, porque fui apanhado completamente de surpresa".

"Tinha algumas expectativas, sim, daquilo que iria ver quando juntasse todos estes 'frames', mas nunca pensei ficar tão surpreendido", acrescenta.




As imagens são baseadas na Blue Marble original, uma composição de quatro meses de observações por satélite com uma resolução espacial (nível de detalhe) de um quilómetro quadrado por pixel. 

"São imagens que dão conta das alterações sazonais que ocorrem à superfície da terra: a vegetação que aparece e que desaparece nas regiões de clima temperado como a América do Norte e a Europa, as estações quentes e frias nos trópicos, etc.", esclarece a NASA.

John Nelson conta que a ideia para a animação que está a espantar o mundo surgiu numa conversa com um colega sobre o portal da Nasa: "Foi tudo muito natural e sem pensar. Estava-lhe a falar das várias opções que existem para apresentar os dados de satélite de forma compilada."

"Quanto fui à aplicação NASA's Visible Eart para aceder a algumas das suas imagens do planeta, disponibilizadas de forma gratuita, dei conta de que havia imagens representativas da Terra em cada um dos meses do ano", refere.
 
Curioso com a forma em como ficariam todas juntas, Nelson aceitou o desafio pessoal e deitou mãos ao trabalho. "Fiz o 'download' das doze imagens-mosaico capturadas, trabalhei-as com alguns efeitos e juntei-as todas numa espécie de 'gif' animado".

A ideia era dar a conhecer às pessoas uma nova imagem daquilo que se passa no planeta Terra. Para isso, escolheu um efeito que salientasse as áreas de grande altitude, que é onde ocorrem as maiores alterações ao longo dos anos.
 



"Era como se [a Terra] tivesse a respirar. Quando juntei tudo numa só imagem fixa do planeta, aquilo que eu tinha à minha frente era algo como um coração a palpitar", conta o programador.

"Podemos seguir a evolução de uma localização qualquer e comparar as alturas de chegada e ida da neve e a flora que aí cresce, ao mesmo tempo que acompanhamos, em toda a periferia, a oscilante onda da vida, no seu avanço e recuo, avanço e recuo...", conclui Nelson.

Clique AQUI para aceder ao blogue do programador, onde John Nelson apresenta a sua animação.


boasnoticias.pt

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Homem cego vê pela primeira vez após 66 anos

Homem cego vê pela primeira vez após 66 anos
© Reprodução/The Gazette
Depois de 66 anos de cegueira, um homem canadiano recuperou a visão graças... a um acidente (e à perícia de uma equipa de médicos). Uma queda nas escadas que resultou na fratura de vários ossos da cara forçou-o a uma cirurgia que acabaria por mudar a sua vida: aproveitando a ocasião, os especialistas do Montreal General Hospital decidiram também "reparar-lhe" os olhos.
 
Pierre-Paul Thomas nasceu em 1940, numa altura em que os cuidados médicos eram escassos, com vários problemas oculares, nomeadamente nistagmo congénito (uma patologia em que os olhos se movem involuntariamente de um lado para o outro), nervos óticos danificados e cataratas, que o impossibilitaram desde sempre de ver com clareza, transformando o seu mundo numa série de sombras e figuras distorcidas.
 
De acordo com o jornal canadiano The Gazette, tudo haveria, porém, de mudar, há dois anos, quando o homem caiu das escadas no seu apartamento e sofreu diversas fraturas nos ossos do rosto, incluindo junto aos olhos.
 
Thomas foi transportado para o hospital e uma equipa de cirurgiões reparou os danos com sucesso mas, só vários meses depois, durante uma consulta com uma cirurgiã plástica, Lucie Lessard, surgiu a oportunidade de ir mais além. "Já agora, podíamos aproveitar e reparar a sua visão", propos a médica, para estupefação do canadiano.
 
A proposta foi, naturalmente, aceite, e Paul-Pierre Thomas foi submetido a duas cirurgias para remoção das cataratas. Segundo aquele diário de Montreal, os procedimentos foram um sucesso e o homem passou a poder ver com clareza e conheceu, pela primeira vez, as cores, os flocos de neve e as flores.

"Devolveram-me a minha vida", diz Thomas
 
"É como se fosse novamente uma criança", confidenciou em entrevista ao The Gazette, admitindo que, apesar da alegria, está ainda a adaptar-se à nova visão e todos os dias tem de ultrapassar vários desafios, para a maioria de nós tão simples como pagar a conta no supermercado.
 
Em declarações ao The Gazette, Dev Cheema, diretor de oftalmologia do Montreal General Hospital, explicou o procedimento. "Tudo o que precisámos de fazer foi remover as cataratas e ele pôde ver", contou, revelando que, embora este problema seja mais comum entre pessoas de idade avançada, pode desenvolver-se desde a nascença.
 
"É muito bom que tenhamos podido fazer algo assim. Há sempre uma história positiva para contar no que toca à oftalmologia", acrescenta o médico, alertando, no entanto, que Paul-Pierre Thomas nunca deverá ser capaz de ver a 100% porque é impossível tratar o nistagmo ou reparar os nervos óticos danificados.
 
Em qualquer dos casos, o canadiano não poderia estar mais satisfeito. "Estou feliz. Sou um homem feliz. Agradeçam por mim ao hospital. Eles devolveram-me a minha vida", disse aos jornalistas.

boasnoticias.pt

Quatro medalhas para Portugal nos Jogos Mundiais 2013

Quatro medalhas para Portugal nos Jogos Mundiais 2013
© World Games 2013 - Mesmo lesionado, André Lico subiu ao pódio para receber a medalha de bronze na disciplina de duplo minitrampolim
Portugal conta já com quatro subidas ao pódio nos Jogos Mundiais que estão a decorrer em Cali, na Colômbia. A última foi de Alfredo Faria para receber a medalha de prata em K1, na maratona de canoagem.
 
O canoísta português terminou a prova em 44.34,996 minutos, ficando a 20 segundos da medalha de ouro, que foi conquistada pelo húngaro Mate Petrovics.

Antes desta conquista, também o par misto de ginástica acrobática Gonçalo Roque e Leonor Oliveira conseguiu arrecadar a medalha de prata.
 
Na final da modalidade de ginástica acrobática, o par português terminou a competição com 29.660 pontos, ficando muito perto da medalha de ouro conquistada pela Grã-Bretanha (30.090 pontos).

Outras duas medalhas de bronze foram conquistadas por André Lico e Sí­lvia Saiote, em duplo minitrampolim, na madrugada de quinta-feira.

Na prova masculina, o português conseguiu subir ao terceiro lugar do pódio, mesmo depois de ter sofrido uma lesão durante o aquecimento para as qualificações.

Mesmo em dificuldades fí­sicas, o português registou 73.900 pontos, atrás do brasileiro Bruno Martini (75.400) e do russo Mikhail Zalomin (75.200), medalhas de ouro e prata, respetivamente.

Em femininos, Sílvia Saiote totalizou 68.200 pontos, fechando um pódio completado pelo ouro da russa Svetlana Balandina (69.400) e da prata da canadiana Corissa Boychuk (68.600).

A nona edição dos Jogos Mundiais decorre em Cali até domingo e conta com a participação de mais de 4.000 atletas de 120 países, repartidos por 36 modalidades não olí­mpicas

boasnoticias.pt

30.000 pessoas riram-se na cara dele!

Nova Zelândia expulsa emigrante por ser ‘gordo demais’

Albert BuitenhuisAs autoridades da Nova Zelândia consideraram um chef de cozinha sul-africano “gordo demais” para viver no país e recusaram-se a renovar-lhe o visto de trabalho.
Oficiais de imigração disseram que Albert Buitenhuis, que pesa 130 kg, não tinha um “padrão de saúde aceitável”.
Buitenhuis agora corre o risco de ser expulso do país mesmo pesando 30 kg a menos do que quando chegou à cidade de Christchurch, há seis anos.
A Nova Zelândia tem uma das mais altas taxas de obesidade do mundo desenvolvido, com cerca de 30% das pessoas com excesso de peso.
Buitenhuis e a sua esposa, Marthie, imigraram da África do Sul para Christchurch em 2007. Na época ele pesava 160 kg. Segundo Marthie, o casal nunca teve problema em renovar o visto de trabalho até este ano. ”Nós renovámos ano após ano e não tivemos problemas”, disse ela. “Eles nunca falaram nada sobre o peso, ou sobre a saúde de Albert, e ele era muito mais pesado quando chegámos.”
Mas no início de maio, o casal foi informado que os seus vistos de trabalho haviam sido negados por causa de peso de Buitenhuis.
“A ironia é que hoje ele está com o peso menor do que quando chegámos à Nova Zelândia, e menor também desde o seu primeiro exame médico. Na época, o seu peso não foi um problema e foi aceite pelas autoridade de imigração, ” disse Marthie.
O casal apelou ao ministro da Imigração da Nova Zelândia, citando a recente perda de peso do chef.
Um porta-voz do setor de imigração disse que o pedido de renovação do visto de Buitenhuis havia sido rejeitado porque o seu excesso de peso cria um “risco significativo” de complicações como diabetes, hipertensão e doenças cardíacas.
“É importante que todos os imigrantes tenham um padrão aceitável de saúde para minimizar os custos e as demandas dos serviços de saúde da Nova Zelândia”, disse ele.

arcodavelha.eu

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

E se de repente lhe perguntassem na rua “Quer fazer sexo comigo?”

Piloto faz 360º para evitar batida(com video)

Jovem de 25 anos fica esquecido numa cela e recebe 3,2 milhões de indemnização

Daniel ChongPolícia fez uma rusga a casa de um colega seu e encontrou pastilhas de ecstasy. Jovem foi levado para a esquadra e caiu no esquecimento dos agentes. Depois de mais de 96 horas sem nada para comer, alguém se lembrou da sua existência.
Qualquer coisa como 4,1 milhões de dólares, ou 3,2 milhões de euros, é quanto se prepara para receber Daniel Chong, um estudante da Universidade da Califórnia, cidade de São Diego, EUA, mas comecemos pelo início.
Tudo começou numa festa em abril passado. Daniel Chong divertia-se na casa de um colega seu quando a polícia iniciou uma rusga à residência.
As autoridades encontraram pouco depois armas e vários tipos de droga, entre as quais milhares de pastilhas de ecstasy.
Chong, juntamente com mais oito pessoas, foram imediatamente detidas e levadas para a esquadra, e aqui começou a confusão.
Ninguém acabaria por ser acusado de nada, apenas o dono da casa, ou seja, Chong, juntamente com os outros amigos, estaria livre. Contudo, o jovem de 25 anos teve de esperar mais de quatro dias para conhecer novamente o sabor da liberdade.
Daniel Chong foi fechado numa cela, a aguardar a decisão do juiz, e nunca mais foi lembrado. De forma quase inacreditável, os agentes da cadeia pensavam que todos teriam já saído.
Sem comida e sem água, Chong esteve mais de quatro dias fechado na cela. Em entrevista, afirma que teve de beber a própria urina e que chegou a ter alucinações. Acabaria por ser encontrado já bastante degradado.
Após sair finalmente da cela, o estudante passou três dias internado no hospital em estado grave.
O caso foi parar à justiça e desenrolou-se durante meses, com Chong a pedir uma indemnização de 20 milhões de dólares.
O juiz decidiu esta semana, dando ao jovem estudante 4,1 milhões, 3,2 milhões de euros, dinheiro com que Chong pensa oferecer uma casa aos pais

ptjornal.com

Publicação em destaque

A tosse de fumador pode esconder problemas de saúde graves

http://ptjornal.com/a-tosse-de-fumante-pode-esconder-problemas-de-saude-graves-62045