sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Cinderella - Don't Know What You Got (Till It's Gone)

Carro voador pode chegar ao mercado em três anos(com video)

Cirurgião salva obstetra que o fez nascer há 45 anos

Cirurgião salva obstetra que o fez nascer há 45 anos
© Sacramento Bee - Robert Kincade (à esquerda) com o obstetra que o fez nascer há 45 anos, Jim Affleck (em baixo)

Nunca é tarde para agradecer. Um cirurgião norte-americano da cidade de Sacramento fez uma operação ao coração de um homem, que mais tarde se viria a saber que tinha o sido o obstetra que o fez nascer, segundo o jornal Sacramento Bee.
 
O cirurgião Robert Kincade, de 45 anos, operou Jim Affleck, de 83 anos, sem saber que se tratava do obstetra que tinha assistido ao seu parto a 07 de Julho de 1969.
 
A coincidência podia ter passado despercebida se numa consulta sobre a operação Jim Affleck não tivesse feito menção ao facto de ter trabalhado 30 anos no Hospital de Sutter.
 
Robert Kincade, que procurou a sua cédula de nascimento, confirmou a coincidência ao reparar que o documento estava assinado por Jim Affleck, seu paciente.
 
"Claro que não me lembrava [do parto de Kincade]", explicou Affleck, que estima ter feito entre 3.000 e 4.000 partos durante três décadas de trabalho, segundo o jornal Sacramento Bee.
 
"É fantástico poder ajudá-lo [a Jim Affleck], depois de ele me ter ajudado há 45 anos", confessou o médico Robert Kincade.

Clique AQUI para ler o artigo do Sacramento Bee.

boasnoticias.pt

Americana perde 68 quilos e o namorado (que era ‘obcecado por obesas’)

Eve Parker, de Denver (Colorado, EUA), recebeu orientação médica para emagrecer imediatamente. Foi o que ela fez. A americana mudou hábitos alimentares, deixou de consumir bebidas alcoólicas, parou de fumar e adotou um programa de exercícios regulares.
O resultado, sem recurso a qualquer cirurgia, foi excepcional: Eve emagreceu 68 quilos. A melhora na forma física e no quadro de saúde foi comemorada. Mas a americana acabou por perder também o namorado. “Eu namorava um homem que tinha obsessão por mulheres obesas. Eu era bem grande e era isso que ele gostava em mim. Mas aquilo estava matar-me, eu estava a ter muitos problemas por causa da tensão arterial alta. Eu só queria que ele aceitasse a forma como eu queria ficar e criasse uma relação saudável”, disse ela em entrevista ao “Huffington Post”.
Eve pesa agora 86 quilos e tornou-se triatleta. Além disso, a americana criou a personagem “Inspirational Eve” (inspiradora Eve), para ajudar outras mulheres a emagrecerem e adotarem uma vida mais saudável.
“Eu devo ser sujeita a cirurgia para remover o excesso de pele e, com isso, perder entre 7 e 9 quilos. Este é o corpo com o qual convivo e este é o único corpo que tenho. Este é o corpo que escolhi amar e cuidar”, diz Eve.
obesa


arcodavelha.eu

Viral: Vídeo de aterragem na Madeira corre o mundo

Viral: Vídeo de aterragem na Madeira corre o mundo
Veja abaixo o vídeo que já soma mais de 1,7 milhões de visualizações no Youtube.

O vídeo da aterragem de um avião no Aeroporto Internacional da Madeira, no Funchal, sob fortes ventos cruzados, está a tornar-se viral na Internet e nos órgãos de comunicação internacionais, tendo já quase dois milhões de visualizações no Youtube.
 
As imagens, publicadas naquela plataforma pelo utilizador Flávio Silva, mostram um aparelho da companhia alemã TUIfly a descer em direção a uma das pistas do aeroporto madeirense, debatendo-se com a intensidade do vento, que terá estado relacionada com resquícios da passagem recente do furacão Gonzalo.
 
Em 10 dias, o vídeo conseguiu mais de 1,7 milhões de 'views' e milhares de comentários de todo o mundo - muitos deles com elogios à atuação do piloto, outros tantos que consideram que teria sido preferível adiar a aterragem até à melhoria das condições atmosféricas e alguns que duvidam, até, da veracidade das imagens.
Assista ao vídeo clicando no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=bHEG6b91dG8
Além disso, a filmagem tem também merecido o destaque de várias publicações e cadeias de televisão mundiais. O jornal britânico Daily Mail, por exemplo, cita o responsável pela captação do vídeo, que terá afirmado que "foi assustador ver a aterragem antes de o avião chegar ao chão e estacionar como se nada tivesse acontecido".
 
O momento foi, igualmente, alvo de notícia por parte da norte-americana NBC News, que escreve que "os passageiros experienciaram uma aterragem assustadora no Aeroporto da Madeira" em "condições desafiantes" e deu destaque à perícia do piloto no telejornal da noite, o "Nightly News".

A aterragem chegou até a países como a Holanda ou a Dinamarca. A holandesa RTL descreve-a como "espetacular", realça a fama dos ventos madeirenses que tendem a dificultar o trabalho dos pilotos e destaca a forma como, mesmo quando, no último minuto, tudo parecia ir acabar mal, o avião foi levado até à pista em segurança. 
 
Já na Dinamarca, a cadeia noticiosa DR parece ter um ponto de vista diferente. "O pesadelo dos passageiros se tornou realidade antes de o avião oriundo de Estocolmo aterrar na Madeira", balançando "violentamente", pode ler-se num artigo publicado no site.
 
Recorde-se que as pistas do Aeroporto da Madeira são consideradas das mais difíceis do mundo para a realização de aterragens. Devido às dificuldades técnicas, é mesmo exigida aos pilotos uma licença especial para operações naquele aeroporto português. 

boasnoticias.pt

Paracetamol pode aliviar dor psicológica

Paracetamol pode aliviar dor psicológica
O Paracetamol, composto de medicamentos normalmente usado para alívio das dores físicas, pode atenuar a dor psicológica, revela um estudo da Universidade de Kentucky (UK), EUA, publicado na revista científica Psychological Science.
 
O estudo, liderado por Nathan DeWall, da UK, explica que o paracetamol (ingrediente ativo de medicamentos como o Ben-U-Ron) pode aliviar também a dor psicológica. 
 
"A ideia parecia simples tendo em conta aquilo que sabíamos sobre a sobreposição entre os sistemas neuronais de dor social e e os sistemas de dor físicos. Para minha surpresa, não encontrei ninguém que tivesse alguma vez testado esta ideia", esclareceu o DeWall.
 
A equipa de cientistas investigou a conexão entre os sistemas dos dois tipos de dores (física e espiritual) através de duas experiências, que incluíram 62 voluntários num primeira fase e e 25 na fase seguinte.
 
Na primeira fase, cada um dos participantes tomou 1.000 miligramas diários de paracetamol ou um placebo. O relatório diário revelou que, todas as noites, os participantes que tomaram o composto ativo sentiram que a mágoa e dor psicológica ia diminuindo ao longo do tempo, enquanto que os restantes nada sentiram.
 
Os resultados concluíram, na primeira fase, que o uso de paracetamol pode diminuir a dor psicológica, auto-relatada ao longo do tempo, "ao alterar emoções ligadas a sentimentos de dor emocional".
 
"Ficámos muito animados sobre estes resultados iniciais", disse DeWall. "O próximo passo foi identificar os mecanismos neurais subjacentes às conclusões".
 
Na segunda fase, os participantes tomaram 2.000 miligramas por dia de paracetamol ou um placebo. Três semanas após o início do ensaio clínico, os indivíduos participaram num jogo de computador que cria sentimentos de rejeição social.
 
Durante o processo os participantes que tomaram o fármaco foram sujeitos a uma ressonância magnética que revelou que o paracetamol reduziu as respostas neurais ligadas à rejeição social em determinadas regiões do cérebro ligadas a estes tipo de sentimentos. 
 
A investigação concluiu que estas "descobertas sugerem que a mitigação, pelo menos temporária da angústia relacionada com a dor social pode ser alcançada através de um analgésico utilizado para dores físicas".
 
"Esta pesquisa tem o potencial de mudar a forma como os cientistas e leigos entendem a dor física e social. (...) Esperamos que os nossos resultados possam pavimentar o caminho para intervenções destinadas a reduzir a dor e rejeição social", afirmou DeWall.

Clique AQUI para aceder ao comunicado.

boasnoticias.pt

Microsoft certifica génio dos computadores com 5 anos

Microsoft certifica génio dos computadores com 5 anos
É o mais jovem especialista em computadores certificado pela 'gigante' tecnológica Microsoft. Ayan Qureshi, um menino paquistanês residente em Birmingham, Inglaterra, conquistou, o mês passado, e com apenas cinco anos, a certificação muito ambicionada por universitários de todo o mundo.
 
O título de "Microsoft Certified Professional" (MCP) atribuído pela multinacional destina-se a reconhecer a eficiência profissional dos indivíduos com os sistemas operativos da Microsoft e é, por norma, obtida apenas na idade adulta por aspirantes a técnicos da área das tecnologias da informação (TI).
 
O pequeno Ayan, porém, acaba de tornar-se uma exceção à regra: apaixonado por tecnologia desde tenra idade, o menino foi incentivado pelo pai, Asim Qureshi, ele próprio um consultor de TI, que ensinou ao filho os "truques" da construção do hardware e das ligações em rede, conta o jornal britânico The Independent.
 
Em Setembro, o menino, que se mudou para Inglaterra em 2009 na companhia da família, abandonando Lahore, no Paquistão, onde nasceu, completou com sucesso o exame da Microsoft na Universidade de Birmingham, que passou pela criação de uma rede com dois computadores de secretária, dois portáteis, um interruptor e um 'router'.
 
Em entrevista à publicação inglesa, Ayan, que, entretanto, já celebrou o seu sexto aniversário, contou que, com a ajuda de tutoriais em vídeo que encontrou na Internet e com o apoio do pai, aprendeu a instalar e a configurar o Windows 8 e 8.1 e ficou "encantado" por descobrir que os dispositivos podiam ligar-se uns aos outros e transferir dados entre si.
 
Para alcançar a certificação, o jovem estudou cerca de duas horas por dia durante dois meses, trabalhando arduamente mas sempre com grande satisfação. "Ele gosta tanto de computadores que estes meses foram divertidos", revelou o pai, que assegura que o filho "é muito esperto e adora tecnologia".
 
Como amante dos computadores e homem de palmo e meio da Microsoft, o próximo desejo de Ayan é experimentar e descobrir o Windows 10. "É parecido com o Windows 8, mas melhor, penso eu", disse ao The Independent.
 
Quanto ao futuro, deverá passar pela matemática ou pelas tecnologias da informação, mas o pequeno génio garante que está aberto a descobrir coisas "novas e entusiasmantes". 

boasnoticias.pt

Bebés conseguem ler emoções nos olhos dos adultos

Bebés conseguem ler emoções nos olhos dos adultos
© IMP

Os olhos podem mesmo ser o espelho da alma. Cientistas do Instituto Max Planck (IMP), em Leipzig, Alemanha, descobriram que, aos sete meses de idade, os bebés conseguem perceber o estado emocional dos adultos através da reação da parte branca dos olhos, a esclera.
 
O estudo do IMP indica que os bebés podem perceber inconscientemente as emoções de quem os rodeia e respondem de forma diferente a olhares temerosos, felizes ou ansiosos. 
 
A esclera - parte branca dos olhos - tem uma função de sinal central.  Numa situação de ansiedade os olhos dilatam-se e a esclera parece consideravelmente maior, por exemplo.
 
A investigação utilizou fotografias de olhos e mostrou-as aos bebé, o que revelou que os bebés preferem quando os outros olham diretamente para os seus olhos. 
 
Através de elétrodos, colocados na parte da frente e detrás da cabeça, os investigadores conseguiram medir a atividade cerebral. As fotografias com olhares ansiosos espoletaram sinais mais fortes no cérebro dos bebés.
 
"O cérebro é conduzido diretamente para a esclera, porque todos recebemos informações diferentes da imagem", explicou Sarah Jessen do IMP.
 
A reação dos bebés é inconsciente, até pelo facto de as fotografias terem sido apresentadas em apenas 50 milisegundos - tempo demasiado curto para ser conscientemente compreendidas pelas crianças nesta idade.
 
O cérebro dos bebés teve uma reação "relativamente forte" quando os olhos os observavam diretamente. Um olhar temeroso gera uma reação menos forte na parte detrás da cabeça, que engloba regiões responsáveis pela atenção.
 
"O facto de podermos ler  as opiniões e sentimentos dos outros desde tenra idade, revela como é importante esta capacidade para a nossa vida em sociedade", explicou Tobias Grossman, que conduziu o estudo no IMP. 
 
A capacidade de focagem dos olhos e a direção do olhar é, segundo o IMP, "uma importante marca de desenvolvimento social saudável". Nos bebés que perdem esta capacidade entre o segundo e sexto mês de vida pode estar ligado com déficites sociais ou autismo, diz o comunicado do estudo.
 
Clique AQUI para ler o comunicado completo.

boasnoticias.pt

Primeiro milionário português já criou 1.000 empregos

Primeiro milionário português já criou 1.000 empregos
O primeiro vencedor do Euromilhões em Portugal, Domingos Oliveira, adquiriu 25 pavilhões na sua terra natal em Guimarães e emprega mais de 1.000 trabalhadores, revela esta quinta-feira o Jornal i.
 
Domingos Oliveira ganhou o prémio há 10 anos juntamente com um amigo com repartiu o prémio de 43 milhões de euros.

O seu maior investimento foi num parque industrial de Gandarela, Guimarães, que estava parado há dez anos onde adquiriu 25 pavilhões.
 
Graças ao euromilionário, no parque industrial funcionam agora empresas do sector dos têxteis, bem como de carpintaria, que dão emprego a mais de 1.000 pessoas.
 
Para além do investimento nalgumas sociedades que funcionam nos pavilhões que comprou, Domingos Oliveira ajudou também a sua terra natal ao financiar algumas obras, como o restauro da igreja de Guardizela.
 
Atualmente gestor de mais de 20 empresas, entre as quais uma imobiliária, Domingos Oliveira conta ao Jornal i que nunca conheceu outro euromilionário, mas que gostaria de se encontrar com alguns num convívio para debaterem ideias e negócios.
 
Clique AQUI para aceder ao artigo completo.

boasnoticias.pt

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Bad English - When I See You Smile

UAveiro cria pastel de nata adequado à exportação

UAveiro cria pastel de nata adequado à exportação
Foto © UAveiro - Elisabete Coelho, Rita Bastos e Manuel Coimbra com o novo pastel de nata que pode abrir portas à exportação em larga escala

Quando são ultracongelados e reaquecidos, os pastéis de nata perdem a sua textura original com o interior suave e a massa crocante. Este é um dos entraves à sua exportação. Mas a Universidade de Aveiro desenvolveu um pastel de nata que pode ser congelado e consumido (depois de aquecido) como se tivesse sido acabado de fazer.

O mercado já tem disponíveis pastéis de nata ultracongelados. No entanto, estes são vendidos como produto cru ou semi-cru, necessitando ainda de confeção em forno convencional e a temperaturas elevadas. 
 
Para resolver este problema, que dificulta a exportação deste produto de excelência, o Departamento de Química (DQ) da Universidade de Aveiro desenvolveu um pastel de nata que pode ser ultracongelado e que, após um minuto no microondas, está pronto a ser consumido em qualquer ponto do mundo, como se tivesse sido acabado de fazer. Além disso, este 'novo' pastel de nata surge com menos calorias do que o tradicional.  
 
Em comunicado, o investigador Manuel António Coimbra, coordenador da equipa composta por Rita Bastos e Elisabete Coelho, desvenda que este produto foi desenvolvido com base na incorporação de um ingrediente alimentar à base de polissacarídeos, que foi adicionado à massa folhada e ao creme de nata. 
 
“Este ingrediente permitiu obter um produto que pode ser congelado e reaquecido em forno de micro-ondas, preservando as características do pastel de nata tradicional”, diz Manuel António Coimbra.

Nutricionalmente, adianta o investigador, “a adição dos polissacarídeos na formulação levou a um aumento do teor de fibra dietética e a uma diminuição do teor de gordura, obtendo-se um pastel de nata com apenas 184 calorias, menos do que as do tradicional”. 
 
Parceria com a empresa Mealfood
 
O pastel de nata prepara-se para ser vendido como produto ultracongelado e totalmente confecionado, bastando um minuto de aquecimento num forno de micro-ondas para ser saboreado.

Com a nova receita, “será possível exportar e alargar mercados para este produto tipicamente português com preservação das suas características sui generis”.
 
A receita, sublinha Manuel António Coimbra, foi desenvolvida por solicitação da Mealfood “em que o saber fazer do mestre pasteleiro Francisco Santos daquela empresa se associou à ciência da Universidade”. Após seis meses de trabalho, o pastel de nata já se encontra com pedido de patente efetuado e os consumidores poderão encontrá-los brevemente no mercado.

boasnoticias.pt

As 25 melhores empresas do mundo para trabalhar

As 25 melhores empresas do mundo para trabalhar
A empresa de consultoria Great Place to work (GPTW) reuniu as 25 melhores empresas multinacionais para se trabalhar em 2014. A Google lidera a lista pelo terceiro ano consecutivo. 
 
A GPTW analisou vários fatores em várias empresas mundiais, como os níveis de confiança, camaradagem e orgulho, e concluiu que estes subiram em mais de 50 países entre os inquiridos.
 
A lista inclui 25 empresas multinacionais:
 
1. Google
 
2. SAS Institute
 
3. NetApp
 
4. W.L. Gore & Associates
 
5. Belcorp
 
6. Microsoft
 
7. Marriott
 
8. Monsanto
 
9. Cisco
 
10. American Express
 
11. Scotiabank
 
12. SC Johnson
 
13. Autodesk
 
14. Telefonica
 
15. National Instruments
 
16. Fedex Corporation
 
17. Atento
 
18. EMC
 
19. Daimler
 
20. Diageo
 
21. Hyatt
 
22. Mars
 
23. Accor
 
24. eBay
 
25. The Coca-Cola Company
 
Clique AQUI para aceder ao site da GPTW.

boasnoticias.pt

Juniores: Português é campeão mundial de surf

Juniores: Português é campeão mundial de surf
© Vasco Ribeiro

O surfista português Vasco Ribeiro, de 19 anos, é o novo campeão mundial de juniores, depois de ter derrotado o brasileiro Ítalo Ferreira, na praia de Ribeira D'Ilhas, na Ericeira. É o maior título de sempre do surf português.
 
Na final do Campeonato Mundial, o surfista de Cascais impôs-se a Ítalo Ferreira, ao conquistar 17,33 pontos (9 e 8,33), contra os 12,77 (6,17 e 6) do brasileiro.
 
Vasco Ribeiro sucede no historial da competição a Gabriel Medina, atual líder do circuito mundial, e acumula este título com o de campeão europeu de juniores e campeão nacional.
 
"Senti-me muito bem, estou muito contente, nem tenho palavras para descrever este momento. Surfei quatro vezes hoje, senti-me sempre muito bem, estava com a prancha ótima e agora é aproveitar", afirmou Vasco Ribeiro em declarações à agência Lusa.
 
"Eu tenho trabalhado imenso, estou a sentir-me muito bem e espero que seja para continuar", reconheceu o campeão nacional de 2011, 2012 e 2014.
 
Até à final, Vasco Ribeiro derrotou hoje o brasileiro Deivid Silva, nas meias-finais, o japonês Takumi Yasui, nos quartos de final, e o havaiano Joshua Moniz, na quarta eliminatória.
 
"Foram todos muito difíceis, mas eu não me preocupo muito com os outros, tento acima de tudo dar o meu melhor, fazer as minhas ondas e um bom surf", frisou.
 
Além do apoio do areal, Vasco Ribeiro reconheceu que talvez tenha sido benéfico surfar em "casa", até pela forma como soube aproveitar as ondas de Ribeira D'Ilhas.
 
"Não sei se foi vantagem, se calhar um bocadinho, sinto-me em muita sintonia com estas ondas, mas agora é descansar e aproveitar", rematou.

Clique AQUI para aceder ao Facebook oficial de Vasco Ribeiro.


boasnoticias.pt

Passageiro embarca em aeroporto com canhão na bagagem

Agentes federais da Administração de Segurança nos Transportes (TSA) encontraram nas malas de um passageiro no aeroporto Kahului (Havaí, EUA) um artigo bastante inusitado numa mala: um canhão.
De acordo com o “Honolulu Star-Advertiser”, o passageiro embarcava para São Francisco (Califórnia) em voo da United Airlines quando a sua bagagem foi verificada no raio-x. A sua mala transportava… um canhão!
A peça histórica já tem centenas de anos e já não tem utilidade bélica e, após ser acondicionada da forma adequada, foi posta no avião da empresa americana. O passageiro embarcou normalmente.
canhao


arcodavelha.eu

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Exercício: Meia hora basta para beneficiar o cérebro

Exercício: Meia hora basta para beneficiar o cérebro
Uma sessão de meia hora de exercício aeróbico basta para desencadear, no cérebro, mudanças positivas que podem conduzir a uma melhoria da memória e da coordenação motora. A conclusão é de um estudo australiano, que revela que a prática de atividade física vigorosa provoca alterações que aumentam a plasticidade deste órgão.
A investigação, desenvolvida por uma equipa do Robinson Research Institute da Universidade de Adelaide, na Austrália, envolveu um pequeno grupo de indivíduos saudáveis com idades situadas entre os últimos anos da faixa dos 20 e os primeiros da faixa dos 30 que praticavam exercício em bicicletas de ginástica.
Os cientistas, coordenados por Michael Ridding, professor daquela instituição de ensino universitário, monitorizaram as mudanças observadas no cérebro imediatamente após o fim da atividade física e 15 minutos depois de esta ser interrompida.
“Verificámos alterações positivas no cérebro de imediato e estas melhorias mantiveram-se mesmo 15 minutos após a cessação do exercício”, explica Ridding, em comunicado, notando que a plasticidade do cérebro desencadeada pela atividade física “é importante para a aprendizagem, a memória e a coordenação motora”
De acordo com o investigador, “quando mais 'plástico' o cérebro se torna, mais facilidade tem em reorganizar-se, em modificar o número e a intensidade das ligações entre as células nervosas e as suas diferentes regiões”.
Embora outros estudos já tivessem comprovado os benefícios do exercício regular na saúde do cérebro, esta é a primeira vez que se prova que uma única sessão é capaz de ter efeitos igualmente positivos.

“Agora temos evidências que sugerem que tal acontece”, congratula-se Ridding, que acredita que estas mudanças no cérebro podem, em parte, “explicar porque a atividade física tem vantagens para a memória e as funções cerebrais”.
Estas vantagens fazem-se sentir, segundo os cientistas, tanto ao nível celular como molecular e da arquitetura do cérebro. “Apesar de se tratar de uma amostra pequena, este estudo ajuda-nos a compreender melhor como o exercício influencia este órgão na sua globalidade”, assegura o cientista.
Além disso, acrescenta, “sabe-se que a plasticidade é também importante para a recuperação em caso de danos cerebrais, pelo que a descoberta poderá abrir caminho a potenciais terapêuticas para pacientes com este problema”.
Ainda assim, Ridding alerta que será necessária uma investigação mais ampla “para apurar quais os benefícios a longo-prazo que o exercício físico pode ter para os doentes e para os indivíduos saudáveis”.

boasnoticias.pt

ESA lança incubadora de empresas em Portugal

ESA lança incubadora de empresas em Portugal
© ESA

A Agência Espacial Europeia (ESA, sigla em inglês) vai lançar, a partir do dia 5 de Novembro o Business Incubation Center (BIC), que visa promover a criação de startups no domínio da transferência de tecnologia espacial para outros setores, como saúde, energia, transportes, segurança e vida urbana.
 
O BIC, com um investimento de cerca de oito milhões de euros em Portugal durante os próximos cinco anos, prevê apoiar até 30 empresas e criar 120 novos postos de trabalho., segundo programa Compete, ao abrigo do QREN.
 
O programa será gerido por um consórcio liderado pelo Instituto Pedro Nunes e que envolve o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e a agência DNA Cascais.
 
“Este programa tem características únicas, dado promover o surgimento de startups baseadas em tecnologias 'state-of-the-art' já testadas em aplicações espaciais, que dotam estas empresas do potencial para criar inovações disruptivas e talhadas para mercados globais”, explicou Carlos Cerqueira, diretor do Departamento de Inovação do Instituto Pedro Nunes em comunicado.
 
O lançamento do BIC em Portugal tem data marcada para o próximo dia 5 de Novembro no âmbito do 5ª Fórum Português do Espaço, no Pavilhão do Conhecimento em Lisboa.

Clique AQUI para aceder ao comunicado completo.

boasnoticias.pt

Google cria nanopartículas para diagnosticar cancro

Google cria nanopartículas para diagnosticar cancro
A Google está a trabalhar no desenvolvimento de nanopartículas que possibilitem o diagnóstico precoce de cancro, ataques de coração e outras doenças, através de identificação de alterações bioquímicas no corpo.
 
A empresa californiana referiu que as nanopartículas, ao serem ingeridas através de uma cápsula, podem transmitir informação sobre células doentes para um computador equipado com sensores.
 
A GoogleX - o departamento semi-confidencial da Google que desenvolve automóveis auto dirigíveis, óculos inteligentes e balões para levar internet a comunidades remotas - trabalha também no projeto das nanopartículas.
 
A GoogleX está a explorar se as micro partículas (ou nanopartículas) no "fluxo sanguíneo e um dispositivo equipado com sensores especiais podem ajudar os médicos a detetar a doença quando ela se começa a desenvolver no corpo", referiu a empresa.
 
O projeto está numa fase inicial e os especialistas calculam que podem ser necessários de cinco a sete anos para que fique completo.
 
A empresa explicou ainda que pode ser possível desenvolver um teste para detetar enzimas geradas por placas nas artérias que estejam prestes a explodir e a causar um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.
 
No mesmo comunicado, a Google destaca que as tecnologias desenvolvidas nos últimos anos (como micro sensores e poderosos microscópios) aumentaram a esperança de novos sistemas de diagnóstico.

boasnoticias.pt

Móveis 'inteligentes' crescem com as crianças(com video)

Bryan Adams - Let's Make A Night To Remember

Palmela: Autoeuropa está a recrutar para várias áreas

Palmela: Autoeuropa está a recrutar para várias áreas
A Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, está a recrutar trabalhadores para as áreas de recursos humanos, logística, finanças e tecnologias de informação. Aos futuros funcionários é prometida a "integração numa empresa de excelência" e uma "remuneração compatível com a experiência demonstrada".
 
Todas as oportunidades disponíveis são a tempo inteiro e têm em comum alguns requisitos gerais, nomeadamente sólidos conhecimentos de inglês (falado e escrito), conhecimentos de alemão (preferencial), motivação e capacidade para o trabalho em equipa, orientação para o cliente e fortes competências de relacionamento e comunicação interpessoal.
 
As restantes exigências variam com o cargo a que os indivíduos se candidatam, sendo obrigatório, para qualquer um deles, possuir uma licenciatura numa das áreas procuradas (psicologia, contabilidade, gestão de empresas, economia, engenharias ou matemática, entre outras) e ter experiência profissional relevante.
 
De acordo com o site oficial da Autoeuropa, as candidaturas deverão ser feitas mediante o envio de CV em formato Europass, com fotografia, para o e-mail seleccao.recrutamento@volkswagen.pt, indicando também a referência do anúncio a que se candidata.
 
"Somente serão consideradas as candidaturas que reúnam o perfil solicitado, sendo que as restantes ficarão em base de dados para futuras solicitações", explica a empresa, que acrescenta que "todas serão tratadas com confidencialidade ao abrigo da lei de proteção de dados".
 
Clique AQUI para conhecer todas as vagas existentes e os requisitos exigidos para cada uma delas.

boasnoticias.pt

Novo método luso só leva fármacos às células doentes

Novo método luso só leva fármacos às células doentes
Uma investigadora da Universidade do Minho está a trabalhar no aperfeiçoamento de uma nanopartícula capaz de controlar a libertação de fármacos para o tratamento do cancro e das doenças inflamatórias crónicas, direcionando-os apenas para as células doentes sem prejudicar as saudáveis.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, Eugénia Nogueira, responsável pelo trabalho de investigação, explica que "a libertação direcionada e seletiva de substâncias terapêuticas para combater determinadas células é muito vantajosa, uma vez que exige menor dosagem do fármaco, não afeta as células saudáveis e reduz os efeitos secundários".
 
A investigadora, doutoranda em Biologia Molecular e Ambiental, conseguiu caraterizar um método inovador que permite colocar ácido fólico à superfície de lipossomas - as nanopartículas em estudo. Este ácido, reconhecido pelo seu recetor, existe apenas à superfície das células do cancro e dos macrófagos ativados (células que intervêm na defesa do organismo contra infeções).
 
"Sabendo que estas células do sistema imunológico são, por exemplo, as principais intervenientes na artrite reumatóide, foi possível delinear uma terapia direcionada e específica para atuar contra esta doença, que atinge 50 milhões de pessoas e é altamente incapacitante no seu estado avançado", esclarece Eugénia Nogueira.
 
O trabalho da portuguesa insere-se no projeto europeu Nanofol, cujo objetivo é o desenvolvimento de métodos de diagnóstico e/ou terapêutica capazes de proporcionar tratamentos para as doenças inflamatórias crónicas mais eficazes do que os já existentes. 
 
Eugénia Nogueira, de 29 anos, é natural de Barcelos e licenciada em Bioquímica pela Universidade do Porto (2007), onde efetuou posteriormente o mestrado. Frequenta, desde 2009, o doutoramento na Universidade do Minho Minho, sob orientação dos professores Ana Preto (Departamento de Biologia) e Artur Cavaco-Paulo (Departamento de Engenharia Biológica).
 
Atualmente, a sua investigação está focada, na sua maioria, no desenvolvimento e otimização de lipossomas como sistemas direcionados para a libertação de agentes terapêuticos.

boasnoticias.pt

Chá e citrinos ajudam a prevenir cancro nos ovários

Chá e citrinos ajudam a prevenir cancro nos ovários
Certas substâncias presentes no chá, vinho tinto e nos sumos de citrinos reduzem o risco de desenvolvimento de cancro nos ovários. A investigação da Universidade de East Anglia (UEA), EUA, estudou os hábitos alimentares de mais de 170 mil mulheres ao longo de três décadas.
 
A investigação revelou que as mulheres que consomem alimentos ricos em flavonóis e flavanonas (da família dos flavonoides), ambos antioxidantes, correm um risco menor de desenvolver cancro nos ovários, a quinta maior causa de morte por cancro entre as mulheres.
 
A equipa de investigadores estudou os hábitos alimentares de 171.940 mulheres com idades compreendidas entre os 25 e os 55 anos, ao longo de três décadas.  
 
O consumo de alimentos e bebidas ricos em determinados flavonoides (as flavanonas e os flavonois) - presentes no chá, vinho tinto, maçãs, uvas e citrinos - está ligado a uma menor propensão a desenvolver a doença.
 
"Este é o primeiro estudo em larga escala a investigar se a ingestão habitual de diferentes flavonoides pode reduzir o risco de cancro epitelial ovário", explicou o líder do estudo Aedin Cassidy, do departamento de Nutrição da Faculdade de Medicina da UEA, em comunicado da faculdade.
 
As principais fontes destes compostos, como o chá, os citrinos e os sumos, são facilmente incorporados na dieta, pelo que bastará mudanças simples na ingestão de alimentos para obter um impacto na redução do risco de cancro ovário.

O consumo de duas chávenas de chá preto por dia está associado a uma redução de 31% na incidência deste tipo de cancro, por exemplo.

Clique AQUI para aceder ao comunicado completo.

boasnoticias.pt

Estudo revela que fofocar faz bem à autoestima

Estudo revela que fofocar faz bem à autoestima
Um estudo da Universidade de Groningen (UG), na Holanda, revelou que fofocar é uma fonte de autoavaliação para os indivíduos e uma parte natural das nossas vidas, sendo benéfico para a autoestima. A investigação foi publicada na revista científica Personality and Social Psychology Bulletin. 
 
Elena Martinescu, Onne Janssen e Bernard Nijstad, autores do estudo da Faculdade de Economia e Negócios da UG, investigaram o efeito da "fofoca" positiva e negativa na forma como o destinatário se autoavalia, observando um efeito diferente entre homens e mulheres.
 
A equipa de investigadores concluiu que os indivíduos que ouviram uma "fofoca" positiva aumentaram o valor de autoaperfeiçoamento, ao passo que os que ouviram "fofocas" negativas aumentaram o valor de autopromoção, autoproteção e preocupação.
 
"Ouvir histórias positivas sobre outros pode ser informativo, porque sugere maneiras de se melhorar a si mesmo", explicou Elena Martinescu no comunicado da UG. As "fofocas" negativas podem, também, ser boas para a autoestima, porque sugerem que os outros funcionam pior do que nós, acrescentou. 
 
De acordo com o estudo, as mulheres com quem são partilhadas "fofocas" negativas passam por um momento de autoproteção por terem receio de enfrentar o mesmo destino que a pessoa alvo da fofoca, enquanto os homens que ouvem "fofocas" positivas mostram algum medo pelo facto de as comparações sociais serem ameaçadoras do seu estatuto.
 
Na opinião dos investigadores, a "fofoca" deve ser aceite "como uma parte natural das nossas vidas" porque é "uma valiosa fonte de conhecimento sobre nós mesmos, levando a que nos comparemos com as pessoas sobre as quais incidem". 
 
Clique AQUI para aceder ao estudo completo (em inglês).

boasnoticias.pt

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Radiohead - Creep

Empresário dá casas, carros e joias aos funcionários

Empresário dá casas, carros e joias aos funcionários
Um empresário indiano decidiu ser generoso e presentear com carros, apartamentos e milhares de euros em joias com diamantes 1.200 funcionários da companhia que lidera como forma de os recompensar pela sua fidelidade.
 
Savjibhai Dholakia, presidente da empresa de joalharia Hari Krishna Exports, que exerce atividade no oeste da Índia, ofereceu aos trabalhadores estes presentes, no valor total de cerca de 638 milhões de euros, numa cerimónia que antecedeu o tradicional Festival das Luzes que decorreu a semana passada em Diwali, naquele país.
 
A maioria dos funcionários costuma, naquela ocasião, receber presentes dos patrões, mas estes reduzem-se, por norma, a caixas de doces indianos. Dholakia abriu uma exceção e, baseando-se no complexo programa de lealdade da Hari Krishna Exports, em vigor há cinco anos e que avalia os empregados em 25 critérios, subiu a fasquia.
 
"Recompensámos os funcionários que contribuíram para o desenvolvimento da empresa ao longo dos anos", explicou o responsável à AFP. "Eles sacrificaram as suas vidas familiares em nome do progresso da firma e, portanto, merecem esta recompensa", acrescentou Dholakia.
 
De acordo com o indiano, 207 funcionários (aqueles que ainda não as tinham) receberam casas, 491 receberam carros e 500 foram presenteados com joias, no valor máximo de aproximadamente 4.600 euros cada, destinadas às suas esposas, "que também contribuíram, indiretamente", para o sucesso da companhia.
 
Para Gaurav Duggal, um funcionário da empresa - que exporta diamantes polidos para 75 países -, os dois anos na Hari Krishna Exports têm sido "indescritíveis".

"As joias que me deram não têm preço e evidenciam o sentimento que a companhia tem para comigo e para com os outros funcionários", disse ao canal de televisão NDTV, citado pela AFP.

boasnoticias.pt

Médicos ressuscitam e transplantam corações parados

Médicos ressuscitam e transplantam corações parados
Cirurgiões australianos conseguiram transplantar, na passada sexa-feira, dois corações que tinham parado de bater e ressuscitá-los com sucesso em pacientes com insuficiência cardíaca em fase terminal. 
 
A Unidade de Transplante Pulmonar e Cardíaca do Hospital de St. Vicent (HSV), na Austrália, conseguiu utilizar corações de pessoas em morte circulatória (redução do fluxo sanguíneo e diminuição do volume de sangue), tendo-os ressuscitado e transplantado para pacientes que sofriam de insuficiência cardíaca em fase terminal.
 
Até agora, só se faziam transplantes com corações de doadores em morte cerebral, cujos corações ainda tinham batimento cardíaco.

"O uso de corações após morte circulatória, quando o coração não está a bater, representa uma mudança no paradigma na doação de órgãos e poderá significar um grande aumento de corações disponíveis para transplante", segundo comunicado do HSV.
 
A equipa do HSV transplantou recentemente dois pacientes através desta nova técnica, com base no estudo do Victor Chang Cardiac Research Institut e do HSV. A equipa desenvolveu uma preservação especial que, com auxílio de uma consola de controlo portátil, consegue ressuscitar e transportar os corações.

© Victor Chang Institute 
 
O coração do dador é ligado a um circuito esterilizado, onde é mantido quente e a bater, limitando os efeitos prejudicias da isquemia fria - período onde o coração está 'dormente', sem oxigénio nem nutrientes.
 
O coração é mantido no dispositivo protátil, local onde é feita a reanimação, preservado e está pronto a ser colocado no paciente que vai receber o transplante.
 
Esta tecnologia portátil vai permitir que se reduza significativamente a disparidade entre o número crescente de pacientes com insuficiência cardíaca em fase terminal em lista de espera e o número de dadores adequados disponível.
 
A utilização de órgãos em morte circulatória é hoje uma realidade no que respeita a transplantes de fígado, rins e pulmões, mas só agora foi possível fazê-lo com corações, tendo sido a primeiro transplante do género feito no mundo.
 
"Em muitos aspetos, esta descoberta representa uma grande incursão para reduzir a escassez de doadores de órgãos", afirmou Peter MacDonald, médico e diretor da Unidade de Transplantes Cardíacos do HSV, em comunicado emitido pelo hospital.
 
Clique AQUI para aceder ao comunicado completo do HSV.

boasnoticias.pt

Novo teste poderá detetar Alzheimer através do olho

Novo teste poderá detetar Alzheimer através do olho
A Universidade de Dundee (UD) vai liderar um projeto que irá estabelecer a possibilidade de um teste ocular poder ser usado para diagnosticar Alzheimer em fases iniciais da doença, anunciou a universidade nesta segunda-feira.
 
Provas recentes revelaram que alterações no padrão em forma de árvore nas veias e artérias do olho podem indicar a presença de vários problemas, como acidentes vasculares cerebrais e doenças cardiovasculares.

"Quando ocorrem alterações em algumas partes do corpo, é possível ver as diferenças nos vasos da retina, por exemplo, na largura, levando a que alguns vasos se tornem mais finos e outros maiores", explica Emanuele Trucco, professor de Visão Computacional da UD.
 
A equipa de cientistas da UD vai realizar um projeto de três anos através da utilização de um software de computador desenvolvido especificamente para o efeito e que analisa imagens em alta definição do olho. As alterações oculares podem indicar um diagnóstico precoce da doença de Alzheimer.

O software utilizado, conhecido como "Vampire" ("Vampiro", em português), desenvolvido em conjunto com a Universidade de Edimburgo, foi concebido para efetuar medições de milhares de imagens de forma eficiente.

"O 'Vampire' permite aos investigadores registar medidas de forma repetida, fiável e eficiente, mesmo quando se trabalha com um elevado número de imagens", afirmou Trucco.
 
"Existe a promessa do diagnóstico precoce de uma forma não-invasiva [através da análise das imagens], que também poderá indicar e diferenciar diferentes tipos de demência", afirmou Emanuele Trucco.
 
O estudo terá um custo de 1.5 milhões de euros e será financiado pela Engineering and Physical Science Research Council, que atribuiu um total 10 milhões de euros a onze universidades no Reino Unido. 
 
Clique AQUI para aceder ao comunicado completo da UD.

boasnoticias.pt

Memória: Antioxidantes do cacau revertem declínio


Memória: Antioxidantes do cacau revertem declínio
Os antioxidantes presentes no cacau podem reverter o declínio da memória associado ao envelhecimento em adultos saudáveis. A conclusão é de um novo estudo norte-americano, que revela que a introdução deste ingrediente na dieta é capaz de atenuar as alterações responsáveis pela degeneração de uma região específica do cérebro.
 
À medida que envelhecemos, as nossas capacidades cognitivas, entre elas a aprendizagem e a memória, tendem a degradar-se, um processo que se inicia na idade adulta mas que, por norma, apenas começa a afetar a qualidade de vida a partir dos 50 ou 60 anos.
 
Ao contrário de demências como o Alzheimer, trata-se de um declínio natural e, de acordo com uma investigação desenvolvida recentemente por cientistas da Universidade de Columbia, nos EUA, e publicada na revista científica Nature Neuroscience, pode ser revertido com recurso a flavonóides extraídos do cacau.
 
Para chegar a esta conclusão, os especialistas testaram a forma como estes compostos podem melhorar a função cerebral e, consequentemente, a memória, através de uma bebida contendo antioxidantes do cacau desenvolvida pela empresa Mars, Incorporated unicamente com propósitos de investigação.
 
No âmbito do estudo, os cientistas atribuíram, aleatoriamente, a 37 voluntários saudáveis com idades entre os 50 e os 69 anos, uma dieta rica em flavonóides (900mg por dia) ou baixa em flavonóides (10mg por dia) durante três meses, realizando, antes e depois da experiência, ressonâncias magnéticas e testes de memória para avaliar a evolução do cérebro de cada participante. 
 
"Quando fizemos as ressonâncias magnéticas, descobrimos melhorias significativas na função do giro dentado [região do hipocampo associada à memória e à aprendizagem] nos indivíduos que consumiram regularmente a bebida rica em flavonóides do cacau", explica, em comunicado, Adam M. Brickman, professor de neuropsicologia e principal autor do estudo.
 
Além disso, os voluntários daquele grupo conseguiram, também, melhores desempenhos nos testes de memória realizados. "Se um participante tinha a memória típica de uma pessoa com 60 anos no início do estudo, três meses depois tinha, em média, a de uma com 30 ou 40", afirma Scott A. Small, outros dos investigadores envolvidos no estudo.
 
Além de estarem presentes no cacau, estes antioxidantes podem, também, ser encontrados nas folhas do chá e em determinadas frutas e vegetais, embora as suas quantidades variem amplamente.
 
Apesar dos bons resultados, os investigadores realçam que serão necessários estudos mais amplos - que deverão ser levados a cabo pela mesma equipa no futuro - para confirmar estas descobertas.

Os cientistas norte-americanos alertam ainda que o produto usado no estudo não é igual ao chocolate tradicional, pelo que não é recomendável aumentar o consumo deste alimento com o objetivo de conseguir os efeitos benéficos de que a investigação dá conta.

Clique AQUI para aceder ao resumo do estudo (em inglês). 

boasnoticias.pt

Publicação em destaque

A tosse de fumador pode esconder problemas de saúde graves

http://ptjornal.com/a-tosse-de-fumante-pode-esconder-problemas-de-saude-graves-62045